Artigos, Bispos › 06/10/2016

Ano Mariano e nossa Romaria

Dom Remídio José Bohn
Bispo de Cachoeira do Sul

Iniciamos nesta semana (dia 12), com a festa de Aparecida, o Ano Nacional Mariano proclamado pela CNBB, por ocasião de sua última assembleia geral, para comemorar os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, nas Águas do Rio Paraíba do Sul.

Nas palavras do Arcebispo de Aparecida: “Será um ano de graça, de modo especial para o Brasil: um momento de louvor e agradecimento especial a Deus por tudo aquilo que Ele tem feito por nós, por intercessão de Nossa Senhora Aparecida, nossa padroeira e nossa Rainha”.

A celebração deste ano, dedicado à Mãe de Jesus, quer ser de intensa evangelização com Maria, contando com a sua proteção, seguindo os seus exemplos, como Igreja em saída e misericordiosa, que a exemplo de Nossa Senhora vai ao encontro dos irmãos para compartilhar a alegria do Evangelho de Jesus Cristo – alegria da fé em Cristo.

No dia 10 de abril, em solene concelebração do episcopado brasileiro na Basílica de Aparecida, nossa diocese recebeu a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que está percorrendo nossas paróquias e comunidades, cidades e periferias, lembrando que todos somos filhos amados de Deus e, em especial, aos pobres e abandonados que eles são os prediletos do coração misericordioso de Deus.

A cada diocese cabe organizar suas programações próprias. Para começar, nós vivemos um momento privilegiado, pois nos encontramos em novena preparatória para nossa 22ª Romaria Diocesana, dedicada à nossa padroeira, sob o título Mãe do Redentor.

Os preparativos estão intensos. E, contando com sua participação no dia 16, temos a certeza de que celebraremos uma jornada muito especial de festa e confraternização na fé, como filhos (as) abençoados (as).

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.