CRIS (Conferência Regional dos Institutos Seculares)
Instituto Secular
CONSAGRAÇÃO SECULAR
Secularidade CONSAGRADA
A Identidade dos Institutos Seculares se exprime em três palavras:
“Secularidade, Consagração e Apostolado”



As três dimensões da vocação.
Os Institutos Seculares são uma forma de vida consagrada suscitada pela força do Espírito Santo que sempre rejuvenesce a igreja e inspira novos empreendimentos para novas realidades.Os membros dos I.S. são grupos de pessoas que conservando a sua identidade laical, procuram viver plenamente a sua consagração batismal, consagram-se a Deus e ao seu Reino, comprometendo-se em viver os Conselhos Evangélicos no meio do mundo.

A consagração se expressa pela profissão dos conselhos evangélicos e é consequência da radical opção pelo seguimento a Jesus Cristo que durante sua vida terrena teve Deus como único amor (= castidade); Deus foi seu único bem (= pobreza); e o fiel cumprimento da vontade do Pai foi a única vontade (= obediência).

Vivendo os valores do Evangelho, fiéis a Cristo, sendo presença de igreja no mundo em qualquer exercício profissional digno como meio de sobrevivência e como espaço da missão e testemunho do reino.

O Papa Paulo VI (26/09/70) afirmou: “Pertenceis à Igreja a título especial, o vosso título de secularidade consagrada”.

Fundamentação

Os Institutos Seculares se fundamentam nos documentos do magistério da igreja;

  • Papa Pio XII e a Constituição Apostólica “Provida Mater Ecclesia” (1947)
  • O Motu Próprio “Primo Feliciter” (1948)
  • Código do Direito Canônico (cânones 710-739).
  • Instrução “Cum Sanctíssimus” – Concílio Vaticano II
  • Discursos dos Papas Paulo VI, João Paulo II e Bento XVI
  • “Perfectae Caritatis” (n.º 11) – Concílio Vaticano II
  • Exortação Apostólica “Vita Consecrata” (n.º 10)

Organização

Os Institutos Seculares são organizados em nível Mundial – CMIS; América Latina – CISAL, Nacional – CNIS; e Regionais – CRIS.

No Brasil: 40 anos de história

A CNIS teve sua licença de organização em Ribeirão Preto e aprovada como Conferência em 09/07/1971.
Em 16 de janeiro de 1972 houve o 1º encontro Nacional dos Institutos Seculares.
Em 1977 foram aprovados os Estatutos da Conferência Nacional dos Institutos Seculares. No início as assembléias eram sempre juntas, agora cada regional faz a sua. O Regional Sul tem mais de 20 anos de caminhada.
Na CRIS (Sul) tem membros de treze Institutos diferentes, muitos com sede em outros estados e só um ou dois membros no Regional; e existem Institutos no Sul que não estão ligados ao Nacional nem ao Regional e não participam. Existem, também, Institutos ocultos de vida consagrada.

Bibliografia sobre os Institutos Seculares

  • Uma entre as outras. Edições EST; Porto Alegre/RS
  • Consagração no Mundo e Consagração do Mundo. Edições EST; Porto Alegre/RS
  • Os Institutos Seculares – um Chamado de Deus para os Novos Tempos. Ed. EST.
  • Documentos da CMIS – Roma/Itália e a sua Revista.
  • A Vida Consagrada – Exortação Apostólica Pós-Sinodal (1996).
  • A coletânea dos Pronunciamentos das Assembleias Mundiais.

Programação  DA CRIS  Regional Sul 3  2016 – 2017

 

“Brilhe a vossa luz diante dos homens.” (M 5, 16

 

Dois  encontros anuais  ( abril e  setembro)   e  Curso de formação.

 LEMA: “O vosso ‘estar no mundo’ seja sinal do vosso ‘estar em Cristo’.”

 (Bento XVI – 2007)

 OBJETIVO: Assumir o estilo de vida de Jesus de Nazaré, estar na Secularidade como Missionários e Discípulos, numa missão Profética de Consagrados(as) Seculares.

“Vida Consagrada hoje – evangelho, profecia e esperança”

 JUSTIFICATIVA:

Consagrados(as),  alegrai-vos… Fostes encontrados, alcançados e transformados pela Verdade que é Cristo. (Dom João Aviz) A Vida Consagrada será, para nós, momento de evangelizar a própria vocação e de testemunhar a beleza do seguimento de Cristo.

A essência dos Consagrados(as) Seculares é responder aos apelos de Deus na missão profética. É estar no mundo inserido com atitude interior que nasce com a intimidade com Cristo, no “Mistério encarnado”. Ser testemunhas do reino, ser sal e luz no mundo, alimentados pela Palavra e pela Eucaristia, em unidade com a Igreja, a partir dos seus carismas específicos.

Instrumentos:

 O campo de atuação dos IS, com seus diversos carismas, estar no mundo e evidenciar os sinais de Deus, na escuta das vozes que clamam, ser presença evangelizadora.

  • Comprometidas com o processo de articulação, na busca de uma vocação “em saída”.
  • Ser fermento, unidade dos Institutos Seculares com a Igreja local. Tema a ser refletido: a disponibilidade de participação dos membros.
  • Oração – “Palavra orante” para ouvir na luz do Senhor, que conduz essa caminhada, em nível de cada Instituto e da CRIS.
  • Cursos de formação Secular: com Missão, secularidade e inserção, Votos Fraternidade.

 

    Coordenadora:  Iria Urnau

    E-mail iria.urnau@yahoo.com.br

 Fone (051) 4327 3390 ou 8456 6271