WEBMAIL

Coleta da Solidariedade é no próximo Domingo, 02 de abril

Neste domingo 2 de abril, A Igreja celebra a solenidade de Ramos – o portal de entrada da Semana Santa. É nesta celebração que acontece a Coleta da Solidariedade, que este ano reflete o tema: Fraternidade e Fome e o lema: “Dai-lhes vós mesmo de comer (Mt 14.16).

A Coleta Nacional da Solidariedade é apresentada pela Igreja no Brasil como Gesto Concreto da Campanha da Fraternidade, formando os Fundos Diocesanos, Regional – no caso do Rio Grande do Sul – e Nacional de Solidariedade. Estes Fundos destinam-se ao atendimento de ações e projetos sociais em território brasileiro e a aplicação dos recursos obedece rigorosamente aos eixos determinados em edital publicado a cada ano, bem como aos aspectos técnicos, administrativos e jurídicos. Exige ainda o acompanhamento das realidades sociais e humanitárias, da legislação brasileira e das orientações doutrinais da Igreja Católica no Brasil.

“Não podemos viver a fé de um modo individualista, fechados em nós mesmos. É preciso ir ao encontro do próximo, estendendo as mãos solidárias a quem sofre”. Assim o arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, motiva os fiéis de todo o Brasil a participarem de forma generosa da Coleta Nacional da Solidariedade. Dom Walmor recorda que a Igreja, em todo o Brasil, a partir da Coleta da Solidariedade, “ajuda-nos ao exercício da caridade”. E esse gesto deve atender neste ano aqueles que não têm o que comer.

“‘Dai-lhes vós mesmos de comer’: eis a orientação do Mestre Jesus aos seus discípulos, lema da Campanha da Fraternidade 2023 – Fraternidade e fome. Neste Domingo de Ramos, a sua oferta vai ajudar no enfrentamento da fome, são mais 30 milhões de brasileiros sofrendo por não ter o que comer. Exerça a solidariedade acolhendo o que pede o próprio Cristo: ‘Dai-lhes vós mesmos de comer’”, motivou dom Walmor.

Você pode ser um apoiador desta causa através da Coleta Nacional de Solidariedade que vai acontecer em todas as comunidades católicas neste Domingo de Ramos, dia 02 de abril. Sua contribuição vai ajudar a Igreja a saciar a fome e apoiar projetos de promoção humana.