WEBMAIL

Comissão Regional de Presbíteros se encontra em primeira reunião do ano

 

 

Representantes da Pastoral Presbiteral de todo o Rio Grande do Sul se reuniram na manhã da última terça-feira (05), na sede da CNBB Regional, em Porto Alegre, para a primeira reunião em 2024 da Comissão Regional de Presbíteros.

Acolhidos pelo Pe. Dirceu Balestrin, que coordena a pastoral no Estado, e por dom Adimir Mazali, Bispo Referencial, os participantes seguiram a pauta do dia a partir de três pontos: O Encontro Nacional dos Presbíteros; o Curso Regional dos Presbíteros; e o 41º Encontro Regional de Presbíteros.

Para Aparecida, nos dias 24 a 30 de abril, o Regional Sul 3 conta com 41 padres inscritos no Encontro Nacional de Presbíteros, que farão parte dos mais de 500 sacerdotes esperados no encontro.

Já sobre o Curso Regional dos Presbíteros, de 25 a 31 de agosto, no CECREI, os participantes da reunião levantaram sugestões de temas, entre eles: a saúde física e a saúde mental dos presbíteros; Liturgia sob a ótica da espiritualidade Cristã, voltada para o Grande Jubileu de 2025; um dia de Retiro; Análise eclesiológica do Sínodo e a Inteligência Artificial; Missão e perseguição da Igreja – experiências de perseguição na África.

O 41º Encontro Regional dos Presbíteros acontecerá de 11 a 13 de novembro, também no CECREI e deve aprofundar a formação continuada dos presbíteros, através da diocesanidade, da sinodalidade e documento papal Fiducia supplicans. A sugestão é que o curso seja ministrado por dom Joel Portella Amado, bispo de Petrópolis, que destaca os caminhos e instrumentos para o acompanhamento pastoral dos presbíteros.

Outro ponto de destaque na reunião foi a partilha dos participantes sobre a sua realidade arqui/diocesana: situação atual, alegrias, tristezas, preocupações, quadro de padres em atividade, doentes, vocações.

Dom Adimir Mazali, Bispo Referencial para a Pastoral Presbiteral no Regional Sul 3, participou do encontro e destaca a importância da articulação da Pastoral no Estado: “É um momento que nos fortalece e de grande importância para a Igreja do Rio Grande do Sul. A presença dos presbíteros enriquece o trabalho de evangelização”. Confira na íntegra no vídeo abaixo:

YouTube player

Para a próxima reunião, que será no dia 18 de junho, online, os representantes se responsabilizaram em fazer o levantamento em suas arqui/dioceses sobre a próxima Romaria Estadual dos Padres e Seminaristas e a possibilidade de se intercalar a Romaria Estadual com uma Romaria Provincial, de dois em dois anos.

CNBB Sul 3