Notícias › 04/10/2017

Dom Esmeraldo Barreto celebra em Moçambique

Em visita aos missionários brasileiros no país, dom Esmeraldo e padre Maurício da Silva Jardim celebraram nesta quarta-feira no Campo de Refugiados de Maratane, na Arquidiocese de Nampula.

IMG_4812A alegria do encontro, as surpresas de cada pequeno detalhe e as novidades da África marcaram os primeiros dias de visita em Moçambique de dom Esmeraldo Barreto de Farias, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB e do padre Maurício da Silva Jardim, diretor nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM).

A acolhida vibrante, tradicional do povo moçambicano, foi experienciada nesta quarta-feira (04) em uma das comunidades da paróquia São Francisco de Assis, de Nampula. O Campo de Refugiados de Maratane existe em Nampula desde 2001 e acolhe cerca de 14 mil pessoas de diferentes nacionalidades, entre elas, os provenientes da Ruanda, Congo e Burundi. São “pessoas que sofrem por não poderem retornar ao seu país, mas que também esperam e lutam por dias melhores”, aponta dom Esmeraldo.

Segundo o bispo, a experiência destes dias vem ao encontro dos diversos testemunhos relatados pelos missionários que estão e estiveram no país. “Meus ouvidos escutaram tanta coisa sobre Moçambique, e agora eu posso ver, sentir e compreender um pouco mais tudo isso que escutei”, reforçou o bispo.

Nos próximos dias, dom Esmeraldo e padre Maurício visitarão dom Luiz Fernando Lisboa, brasileiro e bispo da diocese de Pemba. Na programação, devem encontrar os missionários e missionárias brasileiros nesta diocese e na Arquidiocese de Nampula. Na sequência, seguem para a comunidade da Missão do Regional Sul 3, em Moma.

Por Victória Holzbach

Jornalista e Missionária em Moma, Moçambique

Fotos: Victória Holzbach

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.