Notícias › 10/10/2016

Dom Keller preside cerimônia de admissão ao Acolitato

Na noite do domingo, 09 de outubro, o Sr. Ênio Piovesan Manfio recebeu o Ministério de Acolitato na Catedral em Frederico Westphalen. A cerimônia foi presidida por dom Antonio Carlos Rossi Keller e concelebrada pelo padre Neimar de Marco, diácono Arildo Crespan e cerimoniada pelo Cônego Leandro Piffer. O acólito é instituído para ajudar o diácono e o sacerdote. Cuida do altar e auxilia os ministros ordenados nas ações litúrgicas, sobretudo na celebração da missa.

Durante a homilia, dom Antonio Carlos destacou a Instituição ao leitorado e acolitato, como etapas importantes da formação do candidato ao diaconato. “O Sr. Ênio já foi admitido ao Leitorado e hoje é admitido ao Acolitado. Ao final deste ano será ordenado como diácono permanente, colocando-se à serviço de Cristo e da Igreja” destacou o bispo.

A cerimônia foi acompanhada pela família do candidato ao diaconato. Dom Antonio Carlos também explicou o conceito de diácono permanente. “Desde o Concílio Vaticano II a Igreja retomou esta possibilidade, de homens casados e que vivam na fé cristã, possam ser instituídos ao grau de diácono permanente, um serviço importante para a missão da Igreja. Em nossa Diocese, já temos 3, dois em Frederico Westphalen e um na paróquia de Jaboticaba”.

Ao final de celebração, foi dada a bênção final em especial ao novo Acólito.

Por Maíra Francischete e Silva
Assessoria de Comunicação/Diocese FW

Tags:

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.