Bispos › 09/12/2016

Em defesa da vida

Dom Hélio Adelar Rubert – Arcebispo de Santa Maria

dom-helioEm recente manifestação a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, por meio de sua Presidência, lançou uma nota oficial em defesa da vida. É um grito de repúdio contra a aprovação do aborto. A nota manifesta sua posição em defesa da integralidade, inviolabilidade e dignidade da vida humana, desde a concepção até a morte natural (cf. Constituição Federal, art. 1º, III; 3º, IV e 5º, caput).

Nessa breve nota, a CNBB afirma que “respeita e defende a autonomia dos Poderes da República. Reconhece a importância fundamental que o Supremo Tribunal Federal (STF) desempenha na guarda da Constituição da República, particularmente no momento difícil que atravessa a nação brasileira. Discorda, contudo, da forma com que o aborto foi tratado num julgamento de Habeas Corpus, no Supremo Tribunal Federal”.

Em vista da decisão do STF, a CNBB, representando a Igreja Católica no Brasil, declara: “Reafirmamos nossa incondicional posição de liberação e descriminalização da prática do aborto.

Conclamamos nossas comunidades a rezarem e a se manifestarem publicamente em defesa da vida humana, desde a sua concepção”. Nossa fé sempre ensinou que a vida humana precisa ser respeitada, defendida, promovida e preservada desde a sua concepção no seio materno até ao seu fim natural. O ser humano não pode se adonar do dom da vida e liberar  aborto até os três primeiros meses de vida. Esta atitude é uma clara violência ao ser humano.

O 5º mandamento da Lei de Deus é claro: “Não matar”. As pessoas, os meios de comunicação e as comunidades devem se manifestar, não pela violência, mas com veemência e junto aos poderes públicos. A sociedade se deseja a paz, o progresso e a bênção de Deus, precisa se posicionar em favor da vida em todas as suas etapas.

A nota dos Bispos conclui em oração junto a Nossa Senhora, Mãe de Jesus e nossa Mãe, para que ela interceda por nós, particularmente pelos nascituros.

No livro do Deuteronômio 30,19 lemos: “Propus a vida e a morte; escolha, pois, a vida”. Nós escolhemos a vida!

 

Tags:

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.