Notícias › 11/10/2016

Em domingo esplendoroso, multidão de fiéis na Romaria de Fátima em Erexim

Depois da novena com uma única noite com chuva, o domingo (09) da 65ª Romaria de Fátima em Erechim foi altamente favorável para o evento. Desde cedo, muita gente se dirigiu à Catedral São José, no centro da Cidade, de onde, às 09, partiu a procissão em direção ao Santuário de Fátima, onde também desde o amanhecer havia muitas pessoas em clima de oração. À medida que a procissão avançava pela Avenida Sete, mais gente se unia a ela.

Depois de calorosa acolhida à imagem carregada na procissão, ladeada por bandeiras da pastoral da juventude, Dom José deu continuidade à celebração com a parte da missa do dia. A passagem do Evangelho narrando o momento em que Cristo, na Cruz, confiou Maria a João, o discípulo do amor, foi encenada com jovem do grupo Geração Arte do Bairro São Vicente de Paulo representando Jesus e dois membros da pastoral da juventude, os outros dois personagens.

Dom José iniciou sua homilia lembrando a presença significativa da Mãe de Jesus nas bodas de Caná e junto à Cruz, conforme o evangelho da missa. Nas bodas, por sua intervenção, Jesus realiza seu primeiro milagre, transformando a água em vinho para que a festa de casamento não terminasse antes da hora, para constrangimento dos noivos. Junto à Cruz, ela vive dor semelhante à que toda mãe e todo pai passam pela morte de seus filhos, vitimados pela violência. É também testemunha das palavras de perdão que saem da boa de seu Filho. Lembrando as palavras de Jesus a João, eis aí tua mãe, o bispo perguntou: como estamos acolhendo Maria em nossa vida, em nossa casa? Concluiu desejando que ela continue a interceder junto de seu Filho como mãe e rainha da humanidade redimida pela misericórdia do Pai.


Por Pe. Antonio Valentini Neto
Assessor de Comunicação
Diocese de Erexim
Tags:

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.