WEBMAIL

Fidelidade, alegria e provações dos discípulos do Senhor

Estimados irmãos e irmãs em Cristo Jesus! Com o Apóstolo São Paulo, somos chamados pela Palavra de Deus a acolher o Senhor Jesus; e, com São Pedro, somos convidados a renovar continuamente a nossa fé em Jesus Cristo, o Filho de Deus e nosso Salvador. “A fé é uma peregrinação espiritual pela qual o homem se encaminha, seguindo a palavra do Deus vivo, para chegar à terra da paz prometida e da felicidade… A fé, para São João Paulo II, é o lugar de encontro entre Deus e o homem, é o ponto da liberdade entre os dois.” (O Santo Padre João Paulo II: mestre e testemunha, Myriam Castelli). Os Apóstolos Pedro e Paulo entregaram a vida através do martírio, pelas escolhas que fizeram, de seguir Jesus Cristo, como discípulos, na alegria e nas provações que encontraram na missão.

Mas a Palavra de Deus, que é fonte de alegria na vida dos Apóstolos e das comunidades primitivas, continua alimentando a caminhada de fé dos cristãos nas realidades do hoje da nossa história, entre alegrias e tribulações, fé e esperança. O Cardeal José Tolentino Mendonça escreve que, “entre a vida do Mestre e a do discípulo, entre o senhor morto e Ressuscitado, o apóstolo é chamado a um morrer-com e a um ressurgir-com” (Livro: Nenhum Caminho será longo: para uma teologia da amizade). É assim que o próprio Paulo aproxima a sua fragilidade da fragilidade daquele que primeiro “foi crucificado na sua fraqueza, mas agora vive pelo poder de Deus” (2Cor 13,4). A possibilidade da alegria para Paulo se assenta, antes de tudo, na possibilidade de condividir, íntima e plenamente, o destino de Cristo”.

Quando ele olha a sua vida, depois de percorrer o caminho de conversão e sua dedicação na missão por amor a Cristo, crucificado e ressuscitado, ele a define como uma batalha, uma corrida, um empenho assumido com fidelidade. Mas acima de tudo, manifesta a sua confiança total no Senhor, que lhe dará a coroa da vitória, a ele e a todos aqueles que esperam a sua vinda com amor, empenhados na construção do Reino, através do anúncio do Evangelho e no testemunho de vida.

+ Dom José Gislon, OFMCap. – Bispo Diocesano de Caxias do Sul