WEBMAIL

Histórico

HISTÓRICO

Rumo aos 30 anos

A semente foi plantada em 1989, por ocasião da vinda de Dom Francisco Silota, bispo auxiliar da arquidiocese da Beira – Moçambique, ao Rio Grande do Sul. Ao participar de um encontro com seus colegas episcopais, sensibilizou-os relatando as necessidades e desafios vivenciados no país africano. Após ouvir os apelos, os bispos do Rio Grande do Sul se comprometeram em fazer um gesto fraterno em favor dos irmãos de Moçambique, dando da sua própria pobreza. 

Quatro anos depois, em janeiro de 1993, o bispo encarregado do Setor das Missões da CNBB Sul 3, Dom Laurindo Guizzardi e a Irmã Amalia Vivian, realizaram uma viagem a fim de verificar in loco as necessidades e o tipo de trabalho solicitado, bem como os locais de possível atuação. Na ocasião, os visitantes estiveram em oito das 11 dioceses do país, confirmando o propósito de ajuda aos irmãos necessitados. 

Após um tempo de diálogo com congregações e dioceses, e da preparação dos missionários, foi enviada a primeira equipe missionária em julho de 1994, composta por um padre dos Servos da Caridade, duas religiosas das Irmãos Bernardinas e uma religiosa das Irmãs Missionárias de Santa Terezinha. Em vários locais da Arquidiocese de Nampula e de Diocese de Gilê (Zambézia) os missionários do Regional Sul 3 estiveram atuando.

Desde sua fundação, o projeto assumiu os seguintes objetivos:

  • Trabalhar no campo da saúde alternativa;
  • Ajudar na Educação;
  • Cooperar na promoção social da mulher;
  • Desenvolver trabalhos em favor dos Direitos Humanos;
  • Divulgar e testemunhar o espírito Cristão, que visa difundir o Reino de Deus e promover a fraternidade entre as pessoas. 

A partir do ano 2000, a missão do Regional Sul 3 firmou seu trabalho nas Paróquias de São Miguel Arcanjo, em Micane e São Paulo Apóstolo, em Larde, com sede na Vila de Moma. Desde 1994, o Regional Sul 3 já enviou 67 missionários e missionárias para Moçambique, entre eles leigas, leigos, padres, diáconos, seminaristas, religiosas e religiosos.

Assista o Documentário dos 25 anos do Projeto:

Dom Laurindo e Ir. Amalia no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre
Dom Laurindo conversa com as famílias moçambicanas antes da Missa

E conheça as Redes Sociais: