Notícias › 28/11/2016

Juventude avalia primeiro ano do Plano Bienal e projeta 2017

eaitcheO Plano Bienal para a evangelização da juventude do Rio Grande do Sul foi tema de mais um encontro de assessores, articuladores e comunicadores dos setores juventude das dioceses do estado no final de semana dos dias 26 e 27 de novembro.  Os dois dias foram dedicados à avaliação e planejamento dos processos de Formação, Missionaridade e Estruturas de Acompanhamento que tiveram início em janeiro de 2016 e seguem até o final de 2017, tendo como tema transversal o Cuidado com a Vida.

O sábado foi dedicado à formação e estruturas de acompanhamento, a partir da reflexão sobre a participação das Dioceses em reuniões e formações em âmbito nacional e regional, e a promoção de ações diocesanas e paroquiais.  O dia iniciou com a Leitura Orante da passagem sobre o milagre da multiplicação dos pães, seguida de dinâmicas que trabalharam o Caminho de Educação na Fé, com o objetivo de fazer com que todos se reconheçam no processo e como responsáveis pela condução de outros jovens nesse caminho.

O encontro contou com a presença dos bispos referenciais para a evangelização da juventude, Dom Adílson Busin e Dom Adelar Baruffi, que presidiu uma celebração eucarística realizada no final do dia, e que foi concelebrada pelos padres assessores presentes. À noite, ocorreu um bate-papo da juventude com os bispos. Nesta conversa, que foi gravada e transmitida ao vivo pelo Facebook, os bispos responderam perguntas feitas pelos jovens presentes no encontro e pelos que acompanharam a transmissão pela internet.

No domingo, houve a partilha sobre as ações missionárias realizadas nas dioceses, e uma conversa sobre ideias para o planejamento do Seminário Regional do Cuidado com a vida, que ocorrerá em agosto, onde serão apresentadas as principais iniciativas em torno desse tema. Também foi debatida a participação de jovens das dioceses na Semana Missionária Regional, Semana Missionária no Maranhão e Semana Missionária nas Dioceses Banhadas pelo Rio Paraíba.

Ao longo do encontro, ocorreram partilhas de experiências de evangelização da juventude. Jovens da Diocese de Bagé falaram sobre o processo de retomada do Setor, que estava desativado desde 2013 e que retomou as atividades este ano. O Setor Juventude de Osório contou sobre as experiências missionárias e, por fim, o Setor Juventude de Caxias do Sul explicou como foi o processo de mapeamento dos grupos de jovens existentes na Diocese.

O assessor jovem da Diocese de Santa Maria, Rafael Prestes, falou sobre a importância deste encontro. “Este é ‘o’ encontro, porque o Papa Francisco fala muito da igreja em saída e, quando se fala em igreja em saída, estamos falando de sair do nosso espaço, do comodismo, para ir ao encontro de todo Estado, pela unidade e comunhão da juventude. É um encontro que avalia e planeja, mas acima de tudo é uma experiência de Deus”, ressaltou. .

“Encontros como este são muito bons porque proporcionam trocas de experiências que agregam muito, porque deixam um caminho preparado”, acrescentou Elisângela Bellaver, de Passo Fundo.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.