Destaques › 16/03/2018

Juventude missionária do RS realiza o 5º acampamento

Juventude missionária do RS

Juventude missionária do RS

 

 

Por Assessoria de Comunicação – COMIRE Sul 3

 

Com o objetivo de integrar os diversos grupos de Juventude Missionária (JM) do RS, aconteceu no último final de semana, 10 e 11 de março, o 5º Acampartilha tua Fé, acampamento estadual da JM RS. O encontro ocorreu na comunidade Nossa Senhora de Fátima, paróquia Divino Espírito Santo, na cidade de Caxias do Sul. Reunindo cerca de 130 jovens de 6 dioceses do estado, o acampamento teve momentos de formação, animação, oficinas e convivência.

Partindo do tema “Celebrando a nossa caminhada” e do lema “Vivendo a nossa vocação missionária”, o sábado de manhã foi de formação, a cargo do Pe. Camilo Pauletti, ex-Diretor Nacional das POM, que trabalhou elementos importantes da prática do anúncio do Evangelho, partindo de sua experiência de missão ad gentes em Moçambique. Inspirado pelo texto de Mt 28, 16-20, Pe. Camilo ressaltou os sentimentos de gratuidade e doação que o missionário deve ter: “A vida se alcança e amadurece à medida que é entregue para dar vida aos outros”, destacou o assessor, recordando o Documento de Aparecida.

Na parte da tarde, os jovens participaram de 5 oficinas temáticas: Leitura Orante, Campanha da Fraternidade, Missão Ad Gentes, Mundo do Trabalho e Organização das POM. Os jovens ainda tiveram a oportunidade de rezar o Terço Missionário na praça do bairro, num momento de profunda espiritualidade que proporcionou maior proximidade com a comunidade. A noite foi reservada para convivência, brincadeiras e confraternização pela caminhada da JM no estado. O dia terminou com roda de violão ao redor de uma fogueira.

No domingo, os jovens participaram da Missa com a comunidade local e, ao final, receberam o envio missionário. A manhã do domingo também foi reservada para a eleição da nova coordenação estadual. Para Henrique Lopes, da arquidiocese de Porto Alegre, que deixa a coordenação após um período de dois anos, o acampamento foi um encontro comemorativo para celebrar a caminhada da JM no estado. Ao falar de sua experiência como coordenador, Henrique destacou que o aumento no número de participantes nos encontros é um indicativo de trabalho realizado: “Pude colaborar com o crescimento deste carisma em nosso regional. Sinto-me feliz porque um ciclo se encerra e outro se inicia. Ser abraçado pelos participantes ao final do acampamento só pode ser resumido com o sentimento de gratidão”, agradeceu o jovem.

Em seu lugar, a JM RS trouxe a proposta de, a partir deste ano, ter uma equipe coordenativa em forma de colegiado, composta por todos os coordenadores diocesanos. “Contamos com representações das dioceses, jovens escolhidos pelos próprios grupos de base, permitindo que todos se sintam parte das decisões tomadas pelo colegiado e, assim, sintam-se mais responsáveis pela organização da JM no estado”, afirmou Guilherme de Anflor, da Diocese de Osório e membro da nova coordenação. Para ele, ter uma equipe coordenando significa poder chegar a mais lugares e melhor articular os trabalhos com os grupos já existentes. “Vejo a JM crescendo ainda mais com essa mudança, pois agora temos mais pessoas pensando e mais corações ardentes para ajudar na animação missionária estadual”, frisou Guilherme. O acampamento encerrou com a apresentação do colegiado de coordenação, seguido de almoço no salão da comunidade.

Fazendo uma avaliação do encontro, Pe. Adilson Zilio, pároco local, destacou que foi um momento importante para a Diocese de Caxias do Sul, pois motivou os jovens a assumirem o compromisso de iniciar a caminhada de JM na Diocese, acompanhados pela coordenação estadual. “Para nossa Igreja local, o acampamento serviu para mostrar a importância de abrir as portas de nossas comunidades para os jovens poderem vivenciar sua alegria e sua criatividade, com um jeito novo de evangelizar”, afirmou Pe. Adilson. O pároco ainda frisou que a JM trouxe um novo entusiasmo para a comunidade: “Já temos a Infância Missionária, que deu novos ares para nossa paróquia. Agora, a JM vem para fortalecer ainda mais o espírito missionário, alimentando os sonhos dos nossos jovens”, reforçou o pároco.

Para a continuidade do ano, além de articular novos grupos e fortalecer os que já existem, a JM RS planeja a formação estadual, que será realizada em setembro, na Diocese de Osório.