Artigos › 13/11/2016

Mãe Medianeira: olha por nós!

Dom Hélio Adelar Rubert – Arcebispo de Santa Maria 

 dom-helioA Igreja não pode descurar sua bela missão de ser uma Igreja sinodal, pobre, do encontro, da misericórdia e instrumento de reconciliação.

Que esta Romaria e o Ano Nacional Mariano sejam uma ocasião para levarmos esta mensagem ao nosso sofrido mundo atual.

Em Santa Maria em 1930 estourou a revolução. Havia a divisão da cidade, mas a oração do povo provocou o “milagre” da união, da concórdia, da reconciliação. Nenhuma bala foi disparada. Nenhuma gota de sangue.

O papel de Maria é unir, reconciliar os filhos, a família. Daí também a força, o poder da oração confiante do povo. Na época, brotou da boca do povo a frase: “Nossa Senhora Medianeira salvou a cidade!” Não foi uma aparição, mas uma experiência de fé, de oração e de vida.

A festa da Padroeira do Rio Grande do Sul é festa no Ano Jubilar.

Durante a preparação e celebração da Romaria somos convidados a contemplar o rosto misericordioso de Maria e praticar sempre as obras de misericórdia corporais e espirituais.

A imagem de Nossa Senhora Medianeira está de braços abertos para abraçar seus filhos e filhas. Na procissão da Romaria, a sua imagem vai girando para que Nossa Senhora veja a todos e seja vista por todos. É um giro que provoca um olhar carinhoso recíproco da Mãe e dos filhos.

O olhar bendito, sereno e misericordioso de Maria, contempla nossa cidade, moradias e os peregrinos de todos os recantos. Ela olha seu povo mergulhado em tantas dificuldades, mas cheio de esperança, de fé, de nobreza, de respeito, de hospitalidade e de reconciliação.

Os textos litúrgicos da Romaria recordam Maria como intercessora e medianeira em favor de seus filhos junto de Deus.

A primeira leitura lembra a figura de Rute, que com sua beleza, encanta o rei e defende a vida do seu povo. A segunda leitura mostra que Maria é a mulher do Apocalipse, toda revestida de sol, com a lua debaixo de seus pés. O Evangelho traz o relato das Bodas de Caná. Dos lábios de Maria saem as palavras: “Fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo 2,5). É o apelo que a mãe faz para seus filhos, discípulos e missionários de Jesus.

Uma santa e muito abençoada Romaria para todos (as)!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.