Bispos › 31/08/2017

Oração da iniciação à vida cristã

Dom Aloísio A. Dilli – Bispo de Santa Cruz do Sul

Muito já refletimos sobre o processo de Iniciação à Vida Cristã, dentro do espírito catecumenal, como itinerário para formar discípulos missionários. Hoje destacaremos novamente a importância da oração dentro desse processo, o qual não admite separação entre liturgia e catequese, oração e formação doutrinal. Sempre mais desejamos passar do espírito doutrinário para o experiencial e celebrativo. Desejamos cultivar a mística do encontro com o Senhor: não tanto ouvir e falar sobre Deus, mas ouvir e falar com Deus. Santo Agostinho afirma: “Devemos dizer muitas coisas ao novo crente, mas mais a Deus por ele, do que a ele sobre Deus”. Sim, precisamos falar menos sobre Deus e encontrar-nos mais com Ele. Dentro deste contexto também nos veio a ideia de criarmos uma oração da Iniciação à Vida Cristã para rezarmos nos diversos momentos de encontros diocesanos, principalmente, no processo de iniciação cristã. A oração se dirige a Jesus Cristo, o enviado do Pai, que veio ao mundo para anunciar a Boa Nova da salvação a todos os povos. Em seguida, a oração faz referência ao encontro de Jesus e a samaritana, no poço de Jacó (Jo 4, 5-42), onde Jesus oferece àquela mulher o dom de Deus, qual água viva que jorra para a vida eterna. A partir do encontro com o Senhor, a samaritana se torna discípula missionária em sua família e comunidade: faz o povo da cidade também encontrar-se com Jesus. A oração ainda faz referência a outro texto bíblico: os discípulos de Emaús (Lc 24, 13-35), verdadeira catequese progressiva para o encontro com o Senhor, que se revela nas dificuldades da vida, na escuta da Sagrada Escritura, ao partir o Pão e no anúncio da Boa Nova aos irmãos. Hoje somos nós os sedentos que procuram o Senhor e que desejam beber da sua água viva e oferecê-la a outros; em nosso tempo e nossas Emaús; também nós sentimos necessidade de caminhar com o Ressuscitado, num encontro de fé que se renova constantemente no refletir a realidade, no escutar a Palavra, no partir o Pão da Eucaristia, no anúncio aos irmãos, para assim sermos testemunhas dignas de seu Reino, na vivência de uma Igreja sempre mais servidora, misericordiosa e samaritana.

Mas rezemos a Oração da Iniciação à Vida Cristã, assim como está sendo divulgada e rezada pelo Povo de Deus:

Senhor Jesus, missionário do Pai. Anunciaste a Boa-Nova do Reino a todos os povos e nações. Em tua infinita misericórdia, foste ao encontro da samaritana para que tivesse acesso à água viva da tua presença e se tornasse discípula missionária da fé, em sua família e comunidade.

Caminhando com os discípulos de Emaús, ensinaste que a Iniciação à Vida Cristã é progressiva e permanente para atingir e aprofundar o ato da fé.

Vem igualmente ao nosso encontro e caminha conosco: dá-nos a água viva e faze arder nossos corações com a tua Palavra. Fortifica-nos com a Partilha do Pão da Vida, em nossas comunidades de fé, para sermos testemunhas dignas de uma Igreja samaritana, entre os irmãos e na sociedade em que vivemos. Assim seja!

 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.