Bispos › 09/12/2016

Que Natal estou preparando?

Dom Alessandro Ruffinoni – Bispo Diocese de Caxias do Sul

dom_alessandro_carmelo_ruffinoniQue Natal estou preparando? Para responder a esta pergunta precisamos entender o significado do Natal. Há muitas maneiras  de  preparar o Natal. Tudo depende da minha opção de vida e de fé. Natal é Jesus Cristo que nasce em nossa vida.

Como  cristão  olho  para  o  Natal como um dom de Deus. Ele nos ama e quis nascer, colocar a  sua tenda entre nós e nos dizer que Deus é Pai, que acolhe e perdoa a todos e quer que sejamos irmãos e irmãs.

Porém, se olho para o mundo, para a sociedade e até para as nossas comunidades católicas, sinto e vejo que ainda não amamos e não somos verdadeiros irmãos e irmãs.

Nestes  dias se vê luzes, festas, árvores brilhantes, presentes, vitrines com Papai Noel. Mas não  vejo muitos  presépios e outros símbolos cristãos. Ligo a televisão e vejo, depois de dois mil anos, que o mundo ainda está em guerra, muitos irmãos e irmãs passando fome, vítimas inocentes que crescem a cada dia, migrantes que morrem nas águas do Mediterrâneo, famílias onde o amor está morrendo… Não é o Natal que Cristo quer. Precisamos pedir perdão a Deus, porque não somos portadores de paz e de reconciliação. O Ano da Misericórdia terminou, foi fechada a Porta Santa, mas não podemos fechar a porta do coração.

O coração tem uma porta que nunca pode ser fechada. É a porta da caridade, da solidariedade e da misericórdia. Celebrar o Natal é renascer de novo e deixar que Jesus encontre um lugar em nosso coração. Que cada um de nós seja a estrela de Natal que ilumina o caminho dos outros e os leva ao encontro do Senhor. O melhor presente que podemos oferecer ao Menino Jesus é um gesto de perdão e de solidariedade. É se preparar, rezando os encontros de grupos de família e participar das celebrações…

Gostaria de poder entrar na casa de cada um para dar um abraço e uma bênção.

Agradeço a todos pelo carinho que recebo de cada um. Vocês são um Natal para mim, porque me acolheram nesta diocese com muito calor humano e com muito amor.
Que Nossa Senhora Aparecida nos acolha nos seus braços como acolheu seu Filho Jesus.

Que neste Ano Mariano manifestemos com mais criatividade e generosidade o nosso amor e devoção para com ela.

Um Feliz Natal e abençoado Ano Novo!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.