Destaques › 05/04/2017

Regional Sul 3 fecha parceria com DNIT/ STE S.A. no cuidado ambiental de rodovias gaúchas

A empresa STE S.A., contratada via licitação pelo DNIT, ao tomar conhecimento da temática da Campanha da Fraternidade (CF/2017) fez contato com a sede do Regional Sul 3 da CNBB (Igreja do Rio Grande do Sul) para firmar uma parceria no cuidado ambienta. 

Há mais de quatro décadas a STE – Serviços Técnicos de Engenharia S.A. vem reunindo conhecimento e expertise em praticamente todas as áreas da engenharia consultiva pelo Brasil. Os trabalhos desenvolvidos passam por planejamento, estudos e pesquisas, diagnósticos, elaboração de projetos básicos e executivos de grandes empreendimentos, gerenciamentos, supervisão de obras, entre outras atividades. Após ter se consolidado no mercado gaúcho, a STE S.A. voltou os olhos para o mercado nacional, com atuação em grande parte do País.

Contudo, foi há cerca de 10 anos, com a contratação da empresa pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), via licitação, que um novo desafio chegou aos colaboradores da empresa: Desenvolver o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) da BR-448/RS, a Rodovia do Parque, entre Sapucaia do Sul e Porto Alegre/RS. Assim surge, em 2008, o embrião do setor de Meio Ambiente da STE S.A..

Rapidamente a empresa consolida suas atividades também no contexto ambiental. O comprometimento com as questões de proteção e conservação dos meios Físico, Social e Biótico extrapola o que é exigido nos contratos como os de Gestão Ambiental da BR-448/RS e da BR-230/422/PA, a Transamazônica.

A cada nova Gestão Ambiental, a STE S.A. – apoiada pelo DNIT – busca desenvolver alternativas e soluções inovadoras para mitigar os impactos de empreendimentos de infraestrutura.

Já para o DNIT, esse comprometimento chegou antes. A partir das obras de duplicação da BR-101 Sul (Palhoça/SC a Osório/RS) no início dos anos 2000, atendendo a legislação ambiental, a autarquia passa a ter em seus empreendimentos ações e cuidados com o meio ambiente.

A consonância com o tema da Campanha da Fraternidade de 2017 (Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida) incentivou o DNIT, por meio das Gestões Ambientais das obras de duplicação da BR-116/RS (Guaíba-Pelotas), da implantação e pavimentação da BR-285/RS/SC (São José dos Ausentes/RS e Timbé do Sul/SC) e da duplicação da BR-116/392/RS (Pelotas-Rio Grande) a firmar a parceria com a CNBB. Mais uma vez um novo jeito de fazer Gestão Ambiental começa a ser moldado.

 A Assessoria de Imprensa do Regional Sul 3 entrevistou o engenheiro civil e coordenador Técnico da STE S.A., Adriano Panazzolo, que falou sobre a motivação da empresa em firmar parceria

????????????????????????????????????

Adriano Panazzolo

 com a Igreja:

Como surgiu a iniciativa de contatar a Igreja para essa parceria?

Entre as atribuições do DNIT ao iniciar empreendimentos como as duplicações da BR-116/RS e BR-116/392/RS e de implantação e pavimentação da BR-285/RS/SC está o cuidado com tudo que existe no entorno. Isso significa um cuidado não apenas com a flora, a fauna, os recursos hídricos, o solo, mas também com a população que vive nas proximidades das obras. O DNIT precisa entrar nessas comunidades e desenvolver ações de Educação Ambiental que permaneçam na memória de cada pessoa que conviveu com as obras.

Como fazer esse trabalho?

Por meio das equipes de Gestões Ambientais (STE S.A.), a autarquia federal procura instituições de ensino, órgãos públicos, associações comunitárias e as lideranças dessas localidades. Ao tomarmos conhecimento do tema da Campanha da Fraternidade deste ano percebemos que tínhamos a oportunidade de colaborar, oferecendo todo o conhecimento técnico que possuímos nas questões ambientais, tanto para os adultos quanto para as crianças. Desta forma, a Igreja vem a ampliar o nosso público de atuação, tornando-se também agente multiplicador do conhecimento.

Que trabalhos a STE S.A. desenvolve junto às rodovias, comunidades e meio ambiente?

A STE S.A. é uma empresa de engenharia consultiva e atua no mercado há mais de 40 anos. Ao longo destas quatro décadas a empresa vem realizando trabalhos em diferentes áreas.

Junto às rodovias, nas atividades de Gestão Ambiental, são desenvolvidas ações voltadas ao Meio Social (relativo ao homem e suas atividades no meio ambiente); ao Meio Biótico (refere-se aos organismos vivos e aos processos vitais); e ao Meio Físico (compreende o solo, as águas, o ar e o clima).

Para realizar esse trabalho a empresa, ao ser contratada, precisa atender às condicionantes ambientais exigidas pela legislação ambiental. Essas exigências estão no PBA (Plano Básico Ambiental) de cada empreendimento, onde estão os Programas Ambientais que precisam ser cumpridos. Para cada obra são elaboradas atividades específicas que atendam a realidade local.

Atualmente nas três obras rodoviárias aqui da região Sul que temos Gestão Ambiental reunimos mais de 70 profissionais em uma equipe multidisciplinar composta por engenheiros, geógrafos, biólogos, jornalistas, sociólogos, ecólogos, entre outros.

Quais os desafios enfrentados no cuidado dos biomas que envolvem o RS?

Além dos cuidados com os meios Físico e Biótico, para garantirmos a sustentabilidade dos biomas, é essencial deixarmos um legado, uma mensagem de preservação e conservação. Mostrar que é possível construir uma estrada, uma ferrovia ou até mesmo uma barragem com o menor impacto ambiental possível. As ações de Educação Ambiental estão sempre focadas a auxiliar a comunidade a se apropriar desses cuidados ambientais.

O que mais gostaria de dizer sobre o meio ambiente e a Campanha da Fraternidade?

A escolha do tema da Campanha da Fraternidade deste ano foi muito acertada por ser atual e pertinente a todos. A preservação dos biomas brasileiros e a defesa da vida converge com o dia a dia do DNIT e da STE S.A. e trazer essa discussão para dentro da Igreja só vem a somar. Precisamos alcançar todos os cidadãos e cada um precisa fazer a sua parte em nome de um bem maior.

Mais informações:

http://br285rs-sc.com.br/

http://www.br116rs.com.br/

http://www.br116-392.com.br/

http://www.stesa.com.br/ 

 

Por Judinei Vanzeto, jornalista

Assessoria de Imprensa

Regional Sul 3 da CNBB

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.