Artigos › 22/05/2018

VERBA VOLANT – SCRIPTA MANENT!

(As palavras voam – Os escritos permanecem!)

Caros diocesanos. No mês de abril passado, a Diocese de Santa Cruz do Sul lançou a primeira edição da Revista Integração. Saudamos seus perseverantes leitores.

Todos sabemos que os meios de comunicação, sobretudo os virtuais, se desenvolvem hoje com uma rapidez extraordinária. Com a mesma velocidade que as notícias surgem e são publicadas, elas também são deletadas e passam. Esse, certamente, é um dos reflexos de nossa sociedade líquida ou de consumo: o que hoje serve, amanhã já não mais usaremos; ou melhor, o que agora é útil, daqui a pouco já não o será. Não duvidamos da presença de valores e da eficiência desta forma de comunicação, mas percebemos também seus limites, sobretudo em relação à sua veracidade objetiva, ou seja, seu compromisso com a verdade, acima da mera informação. Como constatamos na semana passada, o Papa Francisco emitiu mensagem para o Dia Mundial das Comunicações (13/05/2018), manifestando preocupação com o fenômeno das falsas notícias (Fake News), que se baseiam em informações e dados inexistentes ou distorcidos, tendentes a enganar e até manipular o destinatário. Sua divulgação pode visar objetivos prefixados, influenciar opções políticas e favorecer lucros econômicos; ou explorar emoções imediatas e fáceis de suscitar, como a ansiedade, o desprezo, a ira e a frustração. Os danos muitas vezes são irreversíveis, mesmo sendo desmentidos depois. Enquanto que a verdade favorece a comunhão e promove a paz e o bem; a mentira tende a isolar, dividir e contrapor. A verdade brota de relações livres e éticas entre as pessoas, na escuta recíproca. Portanto, o valor dos meios de comunicação não está somente na sua eficiência e rapidez ou na atraente apresentação, mas sobretudo na sua comunicação da verdade.

Conscientes destas realidades do mundo das comunicações, nossa diocese continua a acreditar também na tradicional escrita e leitura periódica, de cunho formativo e de busca da verdade, sobretudo em relação às temáticas que envolvem opções fundamentais da Igreja diocesana. Sabemos o quanto as lideranças necessitam e merecem informação objetiva e orientação segura, assim como formação permanente para assumir, com qualidade sempre maior, as diferentes responsabilidades de nossa vida e missão. Conscientes dos limites, continuamos a escrever com otimismo, também em revista, mesmo que nosso poeta Mário Quintana advirta: “Um erro em bronze é um erro eterno”.

Os antigos romanos afirmavam: “Verba volant, scripta manent”! (As palavras voam, os escritos permanecem!). Nós também pensamos assim. Sem desvalorizar nossa comunicação oral, em suas diversas formas de diálogo e proclamação da palavra, precisamos de registros escritos que vão contar nossa história, mas sobretudo que nos ajudem no processo formativo permanente para acompanharmos, de forma atualizada, as opções diocesanas. Neste sentido, temos uma rica experiência na história de nossa diocese de Santa Cruz do Sul. Por muitos anos, nos serviu como meio de comunicação oficial o Boletim Diocesano; depois evoluímos para o Jornal Integração; e agora chegou a Revista Integração, como novo e importante passo para a comunhão e atualização no processo formativo de nossos diocesanos. Mantenhamos nossa assinatura e motivemos outros para serem leitores/as deste periódico mensal, que acompanha a vida e a missão da diocese.

Dom Aloísio A. Dilli – Bispo de Santa Cruz do Sul