Artigos, Bispos › 28/08/2020

A vida, dom da humanidade!

Estamos todos, indistintamente, vivendo um grande período de insegurança que tem desencadeado impotência, falta de lucidez e transparência no comportamento, que nos impede de sentirmos a presença de Deus e a força da sua palavra, que nos ilumina e inspira novos meios para seguirmos em frente.

Jesus Cristo nos ensina a manter a fé, de modo que possamos trilhar nosso caminho, tendo sob os pés atitudes que nos desafiam. E no momento em que a instabilidade nos faz perder o chão, agarremo-nos nas mãos sempre estendidas de nosso bom Deus, apoiemo-nos Nele que se aproxima de nós por meio de nossos amigos(as), pelos quais o Senhor atua em nosso favor.

Sua presença devolve a calmaria, impulsiona-nos e fortalece-nos diante de incertezas equivocadas; de sermos sinal de uma presença inovadora e animadora entre nós.

De momento, não podemos tomar decisões precipitadas, muito menos formar opiniões indefinidas e infundadas, baseadas simplesmente no “não está dando certo” ou “vamos fazer do nosso jeito”.

Sejamos um pouco mais cuidadosos consigo mesmos, com pessoas próximas e não em coletâneas de opiniões duvidosas e inconstantes, ignorando o ser humano em seu contexto existencial e influenciável de momento.

Que na instabilidade deste tempo sejamos mais confiantes na totalidade e busca de soluções no cuidado e perspectivas, visando o bem comum de todas as pessoas.

A vontade de nos encontrarmos é grande, o encontro social urge, mas a paciência é dom necessário, para não desconsiderarmos a experiência vivida e sentida em todos nós.

Portanto, não fechemos o nosso coração diante das exigências e opiniões, mas ouçamos a verdade que deve prosperar cada vez mais em cada um de nós. Confiança e verdade fazem parte do nosso “ser” e devem se abraçar. Como sociedade, devemos estar unidos e nos empenhar em trazer novas soluções e reconstruir as relações humanas: políticas, civis e religiosas, tão necessárias para que o bem viver aconteça.

Vivamos bem e juntos vamos ao encontro de dias melhores!

Dom Darley José Kummer, Bispo Auxiliar de Porto Alegre