COMIRE RS › 16/11/2019

COMIRE SUL 3 envia Padre Luiz Weber para missão em Moçambique

O sacerdote embarca em janeiro para integrar a equipe missionária de Moma, no país africano.

“Que Deus me fortaleça cada vez mais para que continue vivendo a minha vida como missão e a missão como minha vida”. O desejo é do padre Luiz José Weber, enviado na última quinta-feira (14) à missão em Moçambique pelo Conselho Missionário Regional do Rio Grande do Sul.

A última reunião do COMIRE em 2019, ocorrida na CNBB Sul 3, em Porto Alegre, contou também com momentos de formação, avaliação e partilha das experiências missionárias vividas este ano pelas arqui/dioceses gaúchas e pelas obras missionárias, especialmente a partir do Mês Missionário Extraordinário.

Dom Adilson Busin, bispo referencial para a missão no regional, aponta a importância deste momento: “Que riqueza vivemos na partilha de tantas ações e iniciativas, sobretudo em algumas dioceses no âmbito da formação e da ação missionária, reavivando em nós o ser cristão, batizado e enviado”.

O encontro foi também para planejar as linhas de ação para a missão no Estado no próximo ano, provocando as arqui/dioceses à realização de congressos missionários em suas realidades.

A missão em Moçambique

Neste ano o Regional Sul 3 celebra 25 anos de missão na Arquidiocese de Nampula, Moçambique. Atualmente, a equipe missionária é integrada pelas leigas Rita de Cássia Bandera e Maria Isabel Tromm, além dos padres Roni Mayer e Martins de Pinho. Os missionários, agora aguardam a chegada do padre Luiz Weber, que deve embarcar em janeiro de 2020.

O sacerdote, que pertence ao clero de Santo Ângelo, atuou durante 25 anos como missionário em Marabá, no Pará. Atualmente, ele se prepara para trabalhar durante três anos nas paróquias São Miguel Arcanjo, em Micane, e São Paulo em Larde. “Estou muito alegre. Juntamente com a equipe seremos o amor de Deus na vida das pessoas, sinal do Reino de Deus. Com confiança disse meu sim, quero aprender e deixar-me tocar por esta realidade e por esta cultura, sendo missionário enviado pelo Sul 3 na construção de um mundo melhor”, ressalta padre Luiz, que será enviado pela Diocese de Santo Ângelo neste domingo, 17, na Romaria ao Santuário dos Mártires do Caaró.

Dom Adilson reforça que cada missionário enviado significa um “reavivar desta Igreja que há 25 anos partilha de uma missão ad gentes. O envio do padre Luiz nos enriquece, alegra e nos mantém vivos, como uma verdadeira Igreja missionária em saída”. O bispo finaliza desejando que “o ir destes missionários nos enriqueça para que a dimensão missionária seja viva em cada diocese, paróquia, comunidade e no coração de cada batizado e batizada deste nosso regional”.