Notícias › 10/11/2022

Mais de 250 mil fiéis lotam as ruas de Santa Maria na 79ª Romaria de Medianeira

A programação preparatória iniciou no dia 21 de outubro com um simpósio de mariologia, seguido de trezena e culminou com dois dias de atividades ininterruptas no Parque da Medianeira

Em seu retorno à modalidade presencial a Romaria Estadual de Nossa Medianeira de Todas as Graças contou com uma extensa programação. Ações nos campos da formação, espiritualidade, evangelização, convivência e desafio aos jovens foram propostas pela comissão organizadora, que neste ano trabalhou com foco em um tema caro para a Igreja, a educação. Motivada pelos apelos do Pacto Educativo Global e da Campanha da Fraternidade, a Romaria teve como tema “Medianeira da Graça, Educadora da Paz”.

A programação foi oficialmente aberta em 21 de outubro, durante o 1º Simpósio Arquidiocesano de Mariologia, que contou com a participação de especialistas para refletir sobre a pessoa de Maria na Bíblia, na Igreja, na arte e na devoção popular. Entre os conferencistas estavam a Dra. Ir. Maria Freire da Silva, ICM (PUCSP), o especialista Vinícius da Silva Paiva, da Academia Marial de Aparecida e o Pe. José Ulysses da Silva, diretor da Academia Marial de Aparecida (AMA).

A Trezena Móvel, preparatória para a procissão iniciou em 23 de outubro e neste ano, teve seu itinerário alterado para atender a nova área Missionária Nossa Senhora de Guadalupe, em Santa Maria. Em todas as noites as paróquias da cidade receberam centenas de fiéis para venerar a Imagem de Nossa Senhora. Além das visitas as paróquias, a Imagem também visitou as escolas católicas de Santa Maria, onde cada instituição preparou uma forma diferente para louvar a Mãe de Deus, encenações de partes da bíblia, coroas de flores, cantos e orações estreitaram a relação de Nossa Senhora com crianças e adolescentes. E, em uma ação da Pastoral Carcerária, os dois presídios localizados em Santa Maria também receberam a visita da Mãe Medianeira. A visita, acompanhada pelo arcebispo metropolitano, levou a Imagem da Mãe ao encontro dos encarcerados que puderam ter momentos de oração e reflexão e tiveram seus pedidos de confissão atendidos por Dom Leomar.

Sob o eixo Espiritualidade e Hospitalidade, uma ação inédita, neste ano promoveu dois dias de atividades no Parque e na Basílica da Medianeira. No Parque, uma quermesse iniciada no sábado, 5, às 10 horas da manhã, com participação da Banda da Brigada Militar deu largada nas ações que ocorreram nas Aldeias Temáticas Fé, Paz e Hospitalidade. Foi o dia de escolas, projetos sociais e grupos folclóricos garantirem o entretenimento para quem chegou antes na cidade, também foi disponibilizado um espaço Kids, com brinquedos e monitores para as crianças. O encerramento das apresentações no Parque contou com um Concerto para Maria, apresentado pela Orquestra Sinfônica de Santa Maria, com repertório exclusivo para este momento. Nas dependências da Basílica da Medianeira foram realizadas missas, celebrações penitenciais, confissões e a execução do Hino Akáthistos, à Mãe de Deus, o hino mais antigo, que se tem conhecimento.

A virada da noite ficou ao encargo da Romaria Jovem, onde cerca de 200 jovens, inscritos através de ações da Arquidiocese, se voluntariaram para auxiliar em diversos serviços da Romaria Estadual. A Santa Missa das 23 horas, uma procissão luminosa pelo Parque, a realização da Via Sacra da Luz e da Cruz, terços e Adoração e Bênção do Santíssimo Sacramento foram encampados pela juventude, acompanhados pelo Padre Junior Lago, animador vocacional da Arquidiocese. Após a Missa da Alvorada, às 5 da manhã, os jovens realizaram o trajeto oposto, saíram da basílica em direção à Catedral Metropolitana, cantando e louvando Nossa Senhora.  Esse movimento busca dar a juventude um momento de protagonismo e profunda espiritualidade. A caminhada contou com a animação do Padre Cristiano Quatrin, reitor da Basílica da Medianeira e dos jovens Aline, Luís, Raul, Patrick, Lara, Pedro e Irmã Sirlene. Durante a caminhada os jovens carregaram uma réplica da Cruz Peregrina da Jornada Mundial da Juventude e um quadro do beato Carlo Acutis, padroeiro da Romaria Jovem.

Procissão

Na manhã do domingo, 6, de acordo com a Brigada Militar, mais de 250 mil romeiros vindos de diversos locais do Brasil e mesmo de países vizinhos participaram da Romaria da Medianeira. Após a chegada dos Romeiros ocorreu a celebração Eucarística presidida por Dom Justino de Medeiros Silva, Arcebispo de Goiânia e Presidente da Comissão de Educação e Cultura da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e concelebrada por nosso Arcebispo Dom Leomar Brustolin, Dom Paulo de Conto Bispo emérito de Montenegro, Dom Hélio Adelar Hubert, arcebispo emérito da Arquidiocese de Santa Maria, Monsenhor Ademar Dantas, da Bahia e diversos padres atuantes na Arquidiocese de Santa Maria.

Em sua homilia Dom Justino ressaltou a importância da prática do amor fraterno pois ele é a resposta para todas as perguntas diante do mundo. Enfatizou o exercício do diálogo, da justiça, da paz, do direito dos mais pobres, migrantes, refugiados e todos aqueles que buscam teto, trabalho e terra. Alertou ainda, que a mesquinhez não combina com a santidade, e que a exemplo da prontidão de Maria ao visitar Isabel, devemos servir sem pensar nas dificuldades. Relembrou ainda os educadores, as crianças e os jovens.

Durante a tarde, as apresentações artísticas continuaram nas Aldeias Temáticas, grupos folclóricos, bandas municipais, cantores, corais e os CTGs Sentinela da Querência e Poncho Branco. O Grupo de percussão Atoque e a Orquestra São Vicente Pallotti encerraram as apresentações artísticas nas Aldeias. A experiência das Aldeias Temáticas foi elogiada pelo público, que compareceu nos dois dias de evento, reforçando mais ainda o caráter de Hospitalidade, presente ao longo desta Romaria.

Também durante a tarde, centenas de romeiros participaram dos diferentes momentos de fé e devoção. Muitos fiéis se dirigiram até à Basílica e ao Altar Monumento para a Veneração da Imagem da Medianeira. No Altar Monumento, o Arcebispo Dom Leomar Antônio Brustolin realizou a Benção da Saúde, às 15h. às 16horas os jovens que participaram da Romaria Jovem levaram o ícone do Beato Carlo Acutis, patrono da juventude, para que juntos retornassem a Cripta da Basílica de Nossa Senhora Medianeira. Em sua fala, Dom Leomar destacou a importância do protagonismo dos jovens na Igreja, ressaltando que, na Arquidiocese de Santa Maria, a Igreja está muito bem pois ela tem a presença dos jovens, e convidou as famílias para que motivem os jovens para que venham fazer parte da Igreja de nossa Arquidiocese. A juventude assumiu um compromisso com o arcebispo de realizar o Natal no Parque, que será realizado para os irmãos e irmãs menos favorecidos.

Com o retorno da Imagem da Medianeira à Cripta, aconteceu o Terço Vocacional, e às 18h, foi realizada a Benção do Santíssimo. Os fiéis presentes fizeram orações e cantaram Salmos. Na Basílica, no mesmo horário, o Arcebispo Dom Leomar Antônio Brustolin, juntamente com educadores conduziram a Santa Missa de Encerramento, concluindo momentos de espiritualidade desta 79ª Romaria Estadual da Medianeira.

A Romaria contou com grande apoio da imprensa. A cobertura teve visibilidade em canais de TV, rádios, jornais e sites estaduais. A Missa Campal foi transmitida pela Rede Vida e TV Diário de Santa Maria, além de um pool de Rádios. A Missa das 18 horas foi transmitida pela TV Aparecida e pela TV Pai Eterno.  Antes da celebração, o Irmão Alan, do Santuário Nacional de Aparecida fez a entrega solene da imagem Fac simile de Nossa Senhora Aparecida. A Arquidiocese de Santa Maria, em retribuição, presentou com a imagem de Nossa Senhora Medianeira de todas as graças. Dom Leomar destacou que Maria é a educadora da Paz e quem abre os caminhos para o Evangelho.

Para conferir os álbuns completos de cada momento da Romaria, clique aqui.

Com informações e fotos da Arquidiocese de Santa Maria