WEBMAIL

Missão Ad Gentes

MISSÃO AD GENTES

A pequena Vila de Moma, no litoral da Província de Nampula, acolhe a casa dos missionários do Regional Sul 3 em Moçambique. A Igreja do RS, através do projeto Igrejas Solidárias entre a Arquidiocese de Nampula e o Regional Sul 3, envia missionários e missionárias para compor uma única equipe missionária, que é, inicialmente, presença junto ao povo macua. 

Acolhida dos missionários na Vila de Moma

Com respeito pela cultura, buscando aprender a língua e inserir-se na realidade da população, a equipe missionária assume o acompanhamento pastoral de duas paróquias: São Paulo Apóstolo de Larde e São Miguel Arcanjo de Micane. Com as lideranças paroquiais, os missionários auxiliam na organização dos ministérios e serviços, na promoção vocacional e na formação de animadores e animadoras leigos. 

Atenta a realidade e as necessidades da comunidade local, a equipe também desenvolve projetos sociais nas áreas de educação (Veja mais) , através de uma Biblioteca Comunitária e de um projeto de reforço escolar e alfabetização de crianças e mulheres, chamado Murima Wa Mwana (Coração de Criança).

Desde 2009, a missão em Moçambique mantém um Lar Vocacional , que acolhe jovens rapazes para o discernimento vocacional. Neste tempo, seguem estudando na escola regular e são acompanhados pela equipe missionária em seu processo de amadurecimento e discernimento. Quando concluem a 12ª classe, escolhem seguir o caminho vocacional nas congregações ou no seminário arquidiocesano.

 

Equipe Missionária

Na frente, da esquerda para a direita: Benedito Ataguile, Maria Bernardete Acadroli e Pe. Josemar Silva. Atrás, da esquerda para direita, Pe. Luiz Weber e Pe. Henrique Neis.

O testemunho dos missionários e missionárias enviados a Moçambique, a partilha e a oração de todo o Rio Grande do Sul e a disposição de padres, leigas e leigos, religiosos e religiosas para partir é o que garante a continuidade da missão ad gentes.

Desde 1994, foram cerca de 70 enviados pelo Regional Sul 3 a Moçambique. Normalmente, os missionários e missionárias são enviados por um período de três anos e integram juntos a equipe missionária. Atualmente, em Moma, são missionários do Projeto Igrejas Solidárias:

Benedito Salvador Ataguile, da Diocese de Osório

Pe. Henrique Neis, da Diocese de Novo Hamburgo.

Pe. Luiz José Weber, da Diocese de Santo Ângelo.

Maria Bernardete Acadroli, da Diocese de Caxias do Sul.

Pe. Josemar Silva, da Arquidiocese de Florianópolis.

Conheça mais a Missão em Moçambique no vídeo a seguir:

30 anos de história

A semente foi plantada em 1989, por ocasião da vinda de Dom Francisco Silota, bispo auxiliar da arquidiocese da Beira – Moçambique, ao Rio Grande do Sul. Ao participar de um encontro com seus colegas episcopais, sensibilizou-os relatando as necessidades e desafios vivenciados no país africano. Após ouvir os apelos, os bispos do Rio Grande do Sul se comprometeram em fazer um gesto fraterno em favor dos irmãos de Moçambique, dando da sua própria pobreza. 

Quatro anos depois, em janeiro de 1993, o bispo encarregado do Setor das Missões da CNBB Sul 3, Dom Laurindo Guizzardi e a Irmã Amalia Vivian, realizaram uma viagem a fim de verificar in loco as necessidades e o tipo de trabalho solicitado, bem como os locais de possível atuação. Na ocasião, os visitantes estiveram em oito das 11 dioceses do país, confirmando o propósito de ajuda aos irmãos necessitados. 

Após um tempo de diálogo com congregações e dioceses, e da preparação dos missionários, foi enviada a primeira equipe missionária em julho de 1994, composta por um padre dos Servos da Caridade, duas religiosas das Irmãos Bernardinas e uma religiosa das Irmãs Missionárias de Santa Terezinha. Em vários locais da Arquidiocese de Nampula e de Diocese de Gilê (Zambézia) os missionários do Regional Sul 3 estiveram atuando.

Desde sua fundação, o projeto assumiu os seguintes objetivos:

  • Trabalhar no campo da saúde alternativa;
  • Ajudar na Educação;
  • Cooperar na promoção social da mulher;
  • Desenvolver trabalhos em favor dos Direitos Humanos;
  • Divulgar e testemunhar o espírito Cristão, que visa difundir o Reino de Deus e promover a fraternidade entre as pessoas.

A partir do ano 2000, a missão do Regional Sul 3 firmou seu trabalho nas Paróquias de São Miguel Arcanjo, em Micane e São Paulo Apóstolo, em Larde, com sede na Vila de Moma. Desde 1994, o Regional Sul 3 já enviou mais de 70 missionários e missionárias para Moçambique, entre eles leigas, leigos, padres, diáconos, seminaristas, religiosas e religiosos.

Dom Laurindo e Ir. Amalia no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre
Dom Laurindo conversa com as famílias moçambicanas antes da Missa

Assista o Documentário dos 25 anos do Projeto:

É missão de todos nós!

A missão é o coração da Igreja. A nossa animação e cooperação faz com que essa missão aconteça!

Como Igreja no Rio Grande do Sul, assumimos o compromisso da Coleta de Pentecostes – oferta de todas as comunidades de nosso Estado, cujo destino integral é para a animação missionária no Regional Sul 3.

Nas celebrações desta Solenidade, em todo o Rio Grande do Sul, as comunidades celebram em prol da Missão Ad Gentes em Moçambique e a coleta de cada uma delas é enviada à arqui/diocese que repassa o valor integralmente ao COMIRE.

Este gesto garante a manutenção das ações do Conselho Missionário Regional (COMIRE) e permite, especialmente, que possamos manter o projeto Igrejas Solidárias em Moma. Por isso nossa participação é tão importante na oração, na partilha e no envio.

Doação:

Além da Coleta de Pentecostes, outra forma de contribuir com a missão é fazendo a sua doação diretamente na conta. Escreva para missao@cnbbsul3.org.br ou faça seu depósito/pix:

Banco Sicredi

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

Cooperativa: 0116

Conta Corrente: 82987-2

Chave Pix: financeiro@cnbbsul3.org.br

Acesse as Redes Sociais: