Notícias › 26/02/2021

Pastorais Sociais reúnem coordenadores estaduais e referenciais diocesanos

A coordenação colegiada regional das Pastorais Sociais, reuniu-se na manhã desta sexta-feira, 26, com os coordenadores regionais de cada pastoral e os referenciais arqui/diocesanos.

A reunião online foi de partilha de cada representante a respeito da articulação das pastorais sociais nas arqui/dioceses, da mobilização de cada grupo no Estado e, especialmente, de olhar para as ações já realizadas para articular a 6ª Semana Social Brasileira.

A unanimidade dos relatos apresentou as dificuldades geradas a partir da pandemia, tanto de articulação interna da pastorais quanto principalmente em relação às urgências surgidas a partir da fome e da dificuldade de trabalho em muitos lugares. Estas realidades exigiram das pastorais e arqui/dioceses uma ação rápida para o acompanhamento e atendimento, com doações de alimentos, kits de higiene e roupas.

Entre as partilhas, algumas iniciativas se destacam, como o estudo e reflexão do tema da 6ª SSB em seminários e encontros virtuais, a promoção de escolas e cursos sobre o Ensino Social da Igreja e a formação específica sobre o tema com os cleros diocesanos, a fim de buscar maior envolvimento dos padres e a difusão em suas paróquias.

As pastorais sociais no Regional Sul 3 também relataram as dificuldades impostas pela pandemia, de modo especial para a articulação e acompanhamento às populações. Apesar disso, as urgências sempre falaram mais alto e exigiram que estes grupos encontrar alternativas para o acompanhamento daqueles que necessitam.

Sobre isso, falou o Pe. Edson Thomassin, da coordenação colegiada, destacando que é momento para enfrentar a pandemia e buscar alternativas para seguir a ação pastoral. “O mais importante é reconhecer os passos possíveis e andar para frente”, apontou ele.

A Secretária Executiva da CNBB Sul 3, Sandra Zambon, também participou do encontro e ressaltou a importância das partilhas: “as realidades especificas nos desafiam mas também nos motivam. Por isso também precisamos ser promotores destas boas notícias para animar aqueles que caminham conosco. A unidade nos fortalece neste momento crítico e nos motiva a caminhar e ter esperança”, comentou Sandra.

Para concluir o encontro, foi apresentado o cronograma nacional com indicativos de ações da 6ª Semana Social Brasileira. Os presentes ouviram ainda as palavras de Dom Sílvio Dutra, da Diocese de Vacaria, bispo referencial para a Comissão Regional da Ação Sócio Transformadora da CNBB Sul 3. Dom Sílvio concluiu a reunião apontando para o desafio de se criar equipes diocesanas que possam ajudar a mobilizar as ações, e não contar apenas com uma pessoa. “Está claro que a 6ª SSB e as Pastorais Sociais trabalham juntas e que a Semana Social vem fortalecer e animar ainda mais as articulações das pastorais”, finalizou Dom Sílvio.