Pastoral da Criança

Pastoral da Criança

Sobre a Pastoral da Criança

A Pastoral da Criança foi fundada em 1983, na cidade de Florestópolis (PR), pela médica sanitarista e pediatra, Dra. Zilda Arns Neumann, e pelo então Arcebispo de Londrina, hoje cardeal emérito, Dom Geraldo Majella Agnelo. É reconhecida como uma das mais importantes organizações do mundo a trabalhar em programas voltados ao desenvolvimento integral das crianças, desde o ventre materno até os seis anos de idade. As atividades acontecem no contexto familiar e comunitário. Trata-se de um organismo de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A Pastoral da Criança trabalha junto às famílias pobres e extremamente pobres, por meio da atuação voluntária de líderes comunitários capacitados e de um conjunto de práticas educativas simples, baratas e facilmente replicáveis, focadas na capacitação referente aos cuidados com a gestante e com a criança.

 Principais programas

  • Acompanhamento de crianças de zero a seis anos: realizado em visitas domiciliares periódicas, nas quais as famílias recebem orientações sobre saúde, nutrição e desenvolvimento infantil e também em encontros mensais (Celebração da Vida), em que a comunidade se reúne para celebrar as crianças que estão bem e para se ajudar quando estão em dificuldades.
  • Acompanhamento de gestantes: os líderes da Pastoral da Criança acompanham o desenvolvimento da gestação e identificam possíveis situações de risco, além de conscientizar e preparar a gestante para o parto e para os cuidados com o bebê.
  • Ações complementares: Acompanhamento Nutricional, Brinquedos e Brincadeiras, Alimentação e Hortas Caseiras, entre outras.
  • Controle social das políticas públicas: atuação junto aos Conselhos Nacional, Estaduais e Municipais de Saúde, Direitos da Criança e do Adolescente, entre outros.
  • Rede Brasileira de Informação e Documentação sobre Infância e Adolescência: rebidia.org.br.
  • Campanhas de mobilização pelas crianças: campanhas próprias e em parcerias que utilizam diversos meios de comunicação para promover a educação em saúde, cidadania, cultura da paz e promoção social.

Principais indicadores (2º trimestre de 2016)*:

  • 461.523 crianças menores de 6 anos pobres no Brasil (Censo 2010)
  • 039.732 de zero a seis anos acompanhadas (10,98% do total de crianças pobres)
  • 281 famílias cadastradas
  • 532 gestantes acompanhadas
  • 907 voluntários em nível comunitário, sendo 96.739 líderes
  • Mortalidade por mil nascidos, nas comunidades atendidas pela Pastoral: 7,1
    Média nacional (IBGE – Censo 2010): 15,6 óbitos a cada mil nascimentos
  • Maioria das crianças acompanhadas (93,5%) com as vacinas em dia
  • Presente em 348 comunidades, de 3.665 municípios brasileiros

 *Fonte: Sistema de Informação da Pastoral da Criança. Relatório Extrato de Indicadores. Abrangência: Brasil.

Sobre a Dra. Zilda Arns Neumann

Dra. Zilda viveu para defender e promover as crianças, gestantes e idosos, construir uma sociedade mais justa, fraterna, com menos doenças e sofrimento humano. Em seu trabalho, sempre aliou o conhecimento científico ao conhecimento e à cultura populares; valorizou o papel da mulher pobre na transformação social; mobilizou pobres e ricos, analfabetos e doutores, na busca da vida plena para todos.

Nasceu no dia 25 de agosto de 1934, em Forquilhinha (SC). Faleceu no dia 12 de janeiro de 2010, durante o terremoto que devastou o Haiti. Neste mesmo dia, discursou sobre como salvar vidas com medidas simples, educativas e preventivas.

Deixou sua marca na história do Brasil ao fundar e coordenar a Pastoral da Criança e Pastoral da Pessoa Idosa, congregando mais pessoas para se unirem na busca de “vida em abundância” para crianças e gestantes pobres. Costumava dizer: “Há muito o que se fazer, porque a desigualdade social é grande. Os esforços que estão sendo feitos precisam ser valorizados para que gerem outros ainda maiores”.

Dra. Zilda Arns Neumann recebeu o título de Cidadã Honorária de 11 estados e 37 municípios brasileiros. Recebeu ainda 19 prêmios, nacionais e internacionais, e dezenas de homenagens pelo trabalho realizado na Pastoral da Criança. Mais: http://pastoraldacrianca.org.br/pt/biografia-dra-zilda

Pastoral da Criança no RS: coordenadora Estadual Marli Ludwig.
E-mail: rs@pastoraldacrianca.org.br
Whats: (55) 9980-9431