Artigos, Bispos › 23/09/2019

Plano da Ação Evangelizadora, fator e compromisso de comunhão

De quatro em quatro anos, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil realiza Assembleia Geral eletiva e de atualização das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil.

Detalhe importante é que primeiro a Assembleia define as Diretrizes e depois elege os responsáveis para conduzir sua concretização em nível nacional.

A Assembleia deste ano teve esta dupla incumbência e foi realizada de primeiro a dez de maio, em Aparecida, SP.

As Diretrizes definidas ressaltam a realidade da cultura urbana, presente também nas regiões interioranas. Convidam a olhar  a experiência das comunidades primitivas e, a partir delas, formar, neste momento da história, comunidades eclesiais missionárias. Estão estruturadas a partir da imagem da comunidade cristã como “casa”, tendo por eixo central a Comunidade Eclesial Missionária, sustentada por “quatro pilares”: a Palavra, iniciação à vida cristã e animação bíblica da vida e da pastoral; o Pão, liturgia e espiritualidade; a Caridade, serviço à vida plena; Ação Missionária, estado permanente de missão. Têm como objetivo geral: “Evangelizar no Brasil cada vez mais urbano, pelo anúncio da Palavra de Deus, formando discípulos e discípulas de Jesus Cristo, em comunidades eclesiais missionárias, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, cuidando da Casa Comum e testemunhando o Reino de Deus rumo à plenitude”.

A partir das Diretrizes Gerais, quase que “em cascata”, os Regionais da CNBB e as Dioceses realizam também assembleias de adequação de seus Planos da Ação Evangelizadora. O Regional Sul 3 da CNBB, que congrega as 4 Arquidioceses e 14 Dioceses do Rio Grande do Sul, realizou sua assembleia nos dias 06 e 07 de junho, em São Leopoldo. Definiu atividades em torno de dois eixos, o mundo urbano e a evangelização no Estado e comunidades eclesiais missionárias, bem como em relação a cada um dos 4 pilares das Diretrizes Gerais.

A Diocese de Erexim realizou a sua assembleia da ação evangelizadora nos dias 06 e 07 deste mês de setembro, precedida por pré-assembleias de paróquias, setores, movimentos e sociedade civil, envolvendo em torno de 1.450 pessoas. Ela definiu três horizontes de ação, Igreja na escuta da Palavra – Iniciação à Vida Cristã e formação permanente; Igreja que partilha o Pão – Missão na cultura urbana; Igreja comunhão e participação – comunidade de comunidades. Para cada um, indicou metas ou atividades concretas a serem realizadas. A assembleia também formulou o objetivo geral do plano da ação evangelizadora: Evangelizar, a partir da escuta e da vivência da Palavra de Deus, alimentados pela Eucaristia, fortalecendo uma Igreja diocesana de comunhão e participação, rumo à plenitude.

O plano diocesano, que está sendo redigido a partir da assembleia e será aprovado na reunião do Conselho Diocesano de Pastoral em 23 de novembro, é expressão e ao mesmo tempo compromisso de caminhada conjunta, de sinodalidade, de comunhão.

A todos, votos de um domingo feliz e de ótima semana, com a bênção divina.

Pe. Antonio Valentini Neto, Administrador Diocesano de Erexim.