COMIRE RS › 15/07/2019

Rio Grande do Sul celebra 25 anos de missão em Moçambique

A Formação Missionária Regional, encerrada neste domingo, marcou meio século de presença na Arquidiocese de Nampula

“Fazer parte desta história é sentir a alegria de ser um simples servo na vinha do Senhor, numa história de 25 anos de muitos semeadores e muitas colheitas”. A percepção do padre Domingos Rodrigues Lopes traduz o sentimento de muitos dos mais de 60 missionários que passaram pelo projeto Igrejas Solidárias do Regional Sul 3 em Moçambique.

O sacerdote participou neste final de semana da formação que reuniu em torno de 150 pessoas em Santo Antônio da Patrulha. O momento, além de refletir a importância de uma missão encarnada na realidade do povo, comemorou 25 anos do envio da primeira equipe missionária a Moçambique por este projeto de parceria entre a Igreja do Rio Grande do Sul e a Arquidiocese de Nampula.

Daniela Gamarra, missionária em Moma de 2012 a 2016, explica que a missão “nos abre os olhos para ver o quanto Deus nos perpassa através do outro, que não é mais um desconhecido, mas se torna irmão e irmã”. A vivência de Daniela é testemunho da reflexão do padre Moussa Serge Traore, assessor do encontro que trabalhou as atitudes do encontro na missão. Para ele, “a pessoa é amada por Deus, que sopra seu amor nela. Esse é o amor que nós experimentamos. A missão como encontro é uma experiência de amor”.

Sobre o tempo que esteve em Moçambique – de 2016 a 2019, padre Domingos explica: “Me sinto enriquecido em meu ministério com o aprendizado recebido e pela troca de experiências (visão de Igreja, de inculturação e de costumes), que acontece com os leigos, padres e religiosos moçambicanos e de outras nacionalidades que conhecemos e convivemos nos diversos momentos que os caminhos do Senhor nos oportuniza na missão”, relata o padre, que pertence ao clero da diocese de Bagé.

Show Missionário

Para marcar a celebração dos 25 anos de presença missionária em Moçambique, o Conselho Missionário do Rio Grande do Sul e o Regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil promoveram no sábado, 13 de julho, um show com o grupo Ir ao Povo.

Reunindo os participantes da formação missionária regional, do III Congresso Missionário Nacional de Seminaristas, a comunidade local e peregrinos de diversos locais do estado, o show contemplou atrações locais e reuniu mais de 1500 pessoas no Parque da Moenda, em Santo Antônio da Patrulha.

Texto e Fotos: Victória Holzbach