Artigos, Bispos › 19/03/2019

Sociedades Sustentáveis

Com surpresa e imensa alegria caiu em minhas mãos o livro em lançamento: “Soluções para as crises – Sociedades Sustentáveis” da autoria do professor, escritor, permacultor e bambuzeiro, Senhor Vilmar Bagetti.

Natural de Ijui, mas criado em  Campo Novo/RS,  Vilmar mora com sua família em Santa Maria há muitos anos. Aos poucos está se ‘aquerenciando’ na Morada da Serra em Itaara/RS, lugar preparado e construído com discrição, humildade, pesquisa e com suas novas teorias sobre a permacultura.

O que é permacultura? Em seu recente livro, o autor aborda este tema cheio de novidades e com longa pesquisa. Permacultura é um modo de organização das Sociedades Sustentáveis visando a autossuficiência, afirma o autor. “É um sistema de planejamento e manejo baseado em princípios éticos, ecológicos, sociais, econômicos e de convivência testados e aplicados para o desenvolvimento de ambientes humanos sustentáveis”(p. 54-55). Dessa forma as novas residências não serão somente um espaço de moradia e lazer, mas integradas nas funções do espaço de habitação, lazer, de passagem, de produção ecológica e de construção de uma ou mais vidas. A permacultura prioriza e valoriza três realidades: 1º) o cuidado com as pessoas; 2º) com a natureza e 3º) com a partilha justa.

O Professor Vilmar, juntamente com outros companheiros pesquisadores, aguça o olhar permacultural, ou seja: “Vê a paisagem em sua totalidade, o recorte do terreno, os elementos, a visão panorâmica e na postura de observação, identifica as energias presentes no ambiente. Vê a água, os açudes, não apenas para tomar banho ou pescar, ou porque é lindo, mas vê a sua relação com a natureza como um todo, onde vivem animais e onde é possível produzir algumas energias. Vê as relações entre os componentes, o que cada componente acrescenta ao outro. Vê as necessidades de cada componente de forma integrada e não de forma isolada” (p. 154).

Com certeza o livro citado ajudará imensamente na cultura geral dos leitores e abre horizontes críticos para a sociedade de nosso tempo. É uma temática atual e pode ser enriquecida com a Carta Encíclica “Louvado sejas” ( 2015) do Papa Francisco e com a Campanha da Fraternidade 2019 com o tema: “Fraternidade e Políticas Públicas”.

+ Hélio Adelar Rubert – Arcebispo de Santa Maria