Artigos, ATUALIDADES › 18/03/2021

Vacinas contra Covid 19

A pandemia da Covid-19 que começou na China no final de 2019, espalhou-se rapidamente pelo mundo inteiro, chegando ao Brasil em 25 de fevereiro de 2020 e, desde então, já provocou (dados oficiais de 18 de março de 2021):

– 121 milhões de casos no mundo (dos quais 11,6 milhões no Brasil)

– 2,6 milhões de mortes no mundo (dos quais 284.775 mortes no Brasil)

A Covid-19 é uma doença infecto-contagiosa de origem viral, extremamente transmissível (contagiosidade maior que 4-5 vezes a influenza ou gripe comum) e grave. Enquanto que a gripe comum ou influenza mata 1 em 1.000 infectados, em média, a Covid-19 tem uma taxa de mortalidade de 2-3 para cada 100 infectados, ou seja, é uma doença altamente letal.

Infelizmente, não temos ainda medicação que previna ou cure a Covid-19 e a única forma que temos de prevenir essa doença tão grave é a vacinação em todas as formas que temos hoje, já que todas as vacinas que estão sendo utilizadas hoje no mundo são eficazes.

Está bem estabelecido que medidas de distanciamento ou isolamento social, uso de máscaras, higiene frequente das mãos e das superfícies podem diminuir os riscos de sermos infectados pelo vírus que provoca a Covid-19, mas nenhuma dessas medidas que devemos tomar e continuar mantendo, mesmo após a vacinação, substitui a vacina na prevenção da doença.

Dr. Emilio Moriguchi
Médico Geriatra, Professor da Faculdade de Medicina da UFRGS, Chefe do Serviço de Medicina Interna do Hospital de Clínicas de Porto Alegre