Bispos › 21/06/2022

X Encontro Mundial das Famílias

Nesta semana, de 22 a 26 de junho, a Igreja celebra o X Encontro Mundial das Famílias. Este evento não se realizará apenas em Roma, mas será multicêntrico, ou seja, será celebrado também nas dioceses e nas paróquias, espalhadas por todo mundo. O Papa Francisco pede que todas as dioceses se empenhem para celebrar este momento de graça para as famílias e para a Igreja, “Família de famílias”. Cada paróquia celebrará uma missa de abertura, dia 22 de junho, e o bispo escreverá uma carta às famílias, entregue no final da missa. No domingo, dia 26/06/22, cada bispo fará na sua diocese a celebração de comunhão com o Encontro Mundial das Famílias, juntamente com uma confraternização. Entre os dias 22 e 26 de junho poder-se-á realizar lives e acompanhar, nas redes de TV católicas, outros programas relativos ao encontro mundial.

Vosso Irmão-bispo saúda as famílias em nome da grande família diocesana, que louva e agradece a Deus, porque, em vós e através de vós, Ele continua a realizar as maravilhas de seu amor. A Igreja sempre deu grande valor à família, considerando-a “patrimônio da humanidade, um dos tesouros mais preciosos dos nossos povos”. O Documento de Aparecida a considera “lugar e escola de comunhão, fonte de valores humanos e cívicos, lar onde a vida humana nasce e se acolhe generosa e responsavelmente”. Ela também se torna escola de fé, fazendo dos pais os verdadeiros catequistas de seus filhos. É com eles que acontece o caminho da iniciação cristã. Assim ela é considerada santuário da vida e pequena Igreja, isto é, Igreja doméstica (cf. DAp 302-303).

A Família de Nazaré é modelo referencial da família cristã. Mesmo em meio aos limites humanos, nossas famílias também têm muito de santo e sagrado. O Papa Francisco afirma: “A grande missão da família é dar lugar a Jesus que vem, acolhê-lo na família, na pessoa dos filhos, do marido, da esposa, dos avós. Jesus está ali” (Papa FranciscoCatequese da Audiência Geral, em 17/12/14). Em comunhão com o X Encontro Mundial de Famílias, rezemos:

Pai Santo, estamos aqui diante de Ti para louvar-Te e agradecer-Te pelo grande dom da família.

Nós Te pedimos pelas famílias consagradas no sacramento do matrimônio,

para que possam redescobrir todos os dias a graça recebida

e, como pequenas Igrejas domésticas, saibam testemunhar a Tua Presença

e o amor com o qual Cristo ama a Igreja.

Nós Te pedimos pelas famílias que passam por dificuldades e sofrimentos,

doença ou por problemas que só Tu conheces: que Tu as sustentes e as tornes conscientes do caminho de santificação ao qual as chamas,

para que possam experimentar a Tua infinita misericórdia e encontrar novos caminhos para crescer no amor.

Nós Te pedimos pelas crianças e jovens, para que possam encontrar-Te e responder com alegria à vocação que planejaste para eles;

por seus pais e avós, para que sejam conscientes de serem sinal da paternidade e maternidade de Deus no cuidado dos filhos que, na carne e no espírito, Tu confias a eles; pela experiência de fraternidade que a família pode dar ao mundo.

Senhor, concede que cada família possa viver a própria vocação à santidade na Igreja

como um chamado para ser protagonista da evangelização, a serviço da vida e da paz,

em comunhão com os sacerdotes e em cada estado de vida.

Abençoa o Encontro Mundial das Famílias. Amém”.

Dom Aloísio Alberto Dilli – Bispo de Santa Cruz do Sul