WEBMAIL

Comissão Regional de Diáconos (CRD)

A vivência da comunhão diaconal vem sendo promovida e incentivada em todo o País, desde o início da restauração do diaconado, em três níveis de organização (diocesano, regional e nacional) para alcançar as seguintes metas: confraternização, partilha de vida e experiências, promoção da vocação diaconal e formação permanente.

O primeiro nível de organização é o diocesano. Quando da formação do grupo de aspirantes ao diaconado, deve ser indicado alguém que articule e acompanhe o grupo, estabelecendo contato com os níveis regional e nacional.

O segundo nível de organização é o regional, com articulação dos diáconos das várias dioceses que o compõem. Mesmo sendo pequeno o número de diáconos, convém trabalhar nesse sentido, em vista de uma sólida base de comunhão.

A Comissão Regional de Diáconos promove encontros, assembleias, reciclagens, faça circular boletins de notícias, atenda às consultas dos padres e bispos sobre o diaconado, participe das assembleias regional de pastoral e nas comissões regionais de vocações e ministério. Acompanhada por um bispo do Regional, tem-se revelado um instrumento muito útil na articulação e no desenvolvimento do diaconado.

O terceiro nível de organização é o nacional. A Comissão Nacional dos Diáconos é um organismo vinculado à CNBB, para animar e promover o diaconado, em sintonia com o episcopado nacional.

O Regional Sul 3 da CNBB (Rio Grande do Sul) conta hoje com 218 diáconos, distribuídos pelas dioceses, conforme quadro abaixo:

Diáconos por Diocese
Diocese Número de diáconos
Porto Alegre 62
Novo Hamburgo 37
Pelotas 26
Santa Cruz do Sul 19
Cachoeira do Sul 17
Erechim 16
Santa Maria 15
Rio Grande 10
Osório 6
Montenegro 4
Frederico Westphalen 3
Vacaria 1
Santo Ângelo 1
Bagé 1