Notícias › 06/09/2018

Santa Maria: Comire promove encontro “Espiritualidade Missionária e Interculturalidade”

Santa Maria – Integrantes do Conselho Missionário (Comire RS), de várias dioceses do Rio Grande do Sul, participaram de encontro de formação no Seminário São José de Santa Maria, de 31 de agosto a 2 de setembro, sobre Espiritualidade Missionária e Interculturalidade, com assessoria do padre Joaquim Andrade, da Congregação dos Missionários do Verbo Divino, que é indiano e reside no Brasil há 26 anos. O público presente foi de 80 pessoas.

Padre Joaquim fez uma contextualização da missão nos tempos atuais, apresentou os fundamentos bíblicos da missão e caracterizou a dimensão do missionário como hóspede na casa do outro. “Ao nos aproximarmos de outro povo, outra cultura e outra religião, nosso primeiro dever é tirar os sapatos – pois o lugar do qual nos estamos aproximando é sagrado. Caso contrário, podemos nos descobrir pisando no sonho de outra pessoa. Mais sério ainda: podemos esquecer que Deus lá estava antes que chegássemos”. O assessor apresentou a complexidade da cultura e a forma como cada cultura se relaciona com a divindade. A evangelização deve respeitar os processos culturais de cada povo, anunciando a boa nova da salvação integrada em seus princípios e valores, proporcionando o encontro com Cristo em cada realidade cultural. Enraizado na cultura do povo em que se insere, o missionário deve comportar-se como hóspede dele, com respeito e reverência, como se estivesse pisando num jardim. Por fim, o hóspede estará conformado à cultura local, mas sem deixar de ser hóspede. Torna-se, assim, um hóspede-anfitrião.

No encontro também foram partilhadas as experiências vividas pelos participantes do V Congresso Americano Missionário (CAM 5), realizado em julho passado, em Santa Cruz de la Sierra, Bolívia.

Na celebração da missa da manhã do último dia, presidida pelo arcebispo metropolitano de Santa Maria, Dom Hélio Adelar Rubert, com a presença ministros extraordinários da comunhão eucarística, que participavam de um encontro arquidiocesano, houve o envio do Pe. Roni Mayer, presbítero daquela Arqudiocese, para a missão de três anos em Moçambique, dentro do projeto missionário das Dioceses do Rio Grande do Sul com aquele país.

Fotos: Ricardo Witt