WEBMAIL

Comunicar com o Coração

No dia 21 de maio, a Igreja celebrou a Ascensão de Jesus, o ressuscitado sobe aos céus. Neste próximo domingo celebraremos Pentecostes, festa de origem judaica celebrada também pelos cristãos. Para os judeus era conhecida como “Festa das semanas” ou “festa da colheita”, ação de graças pelos frutos da terra. Para os cristãos é a memória da vinda do Espírito Santo.

No domingo da Ascensão todos os anos acontece o “Dia Mundial das Comunicações Sociais”, instituído pelo Papa Paulo VI, em 1967, com o objetivo de propor uma reflexão sobre a comunicação como instrumento de uma convivência cada vez mais humana.

A cada ano os papas escrevem para este dia uma mensagem especial. Para 2023, o Papa Francisco enviou ao mundo a mensagem «Falar com o coração. Testemunhando a verdade no amor”, baseada na Carta de São Paulo aos Efésios (Ef 4, 15).

Em sua mensagem, Francisco lembra dos discípulos que a caminho de Emaús, depois do episódio da cruz, encontram o Senhor que se faz companheiro da caminhada. E Jesus ressuscitado “fala com o coração, acompanhando com respeito o caminho da sua amargura, propondo-se e não se impondo, abrindo-lhes amorosamente a mente à compreensão do sentido mais profundo do sucedido”. Por isso, eles exclamam e testemunham alegremente aos demais discípulos que o coração lhes ardia no peito enquanto Ele conversava pelo caminho e lhes explicava as Escrituras (cf. Lc 24, 32).

Como compromisso de uma comunicação ampla e sem barreiras, todos os anos na semana entre Ascensão e Pentecostes a Igreja Católica, juntamente com irmãos e irmãs de outras Igrejas Cristãs, vive uma “Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos”. Que haja um só rebanho e um só pastor.

Voltando à mensagem do Papa, vemos que Francisco salienta que “é precisamente na conversão do coração que se decide o destino da paz, pois o vírus da guerra provém do íntimo do coração humano. Do coração brotam as palavras certas para dissipar as sombras dum mundo fechado e dividido e construir uma civilização melhor do que aquela que recebemos”.

Nesta festa de Pentecostes, com toda a humanidade, queremos assumir um compromisso que nos leve ao compromisso de construir uma comunicação livre, limpa e cordial.

Pe. Leandro Padilha