WEBMAIL

Diocese de Cruz Alta realiza celebração do Jubileu de Ouro

A Catedral Diocesana ficou lotada no domingo, 29 de janeiro, para a celebração do Jubileu de Ouro da Diocese de Cruz Alta. Fiéis vindos de todas as 31 paróquias e suas 555 comunidades, assim como diáconos, padres diocesanos e de Dioceses coirmãs, e Bispos do Regional Sul 3, Dom Jaime Spengler, Arcebispo de Porto Alegre e vice-presidente da CNBB, Dom Rodolfo Weber, Arcebispo de Passo Fundo e Vice-Presidente do Regional Sul 3, Dom Edson de Mello, Bispo da Diocese de Cachoeira do Sul, Dom Jaime Kohl, Bispo da Diocese de Osório, Dom Adimir Mazzali, Bispo da Diocese de Erexim, Dom Bertilo Morsch, Bispo Auxiliar de Porto Alegre, e Dom Leomar Brustolin, Arcebispo de Santa Maria, que presidiu a celebração.

“Cruz Alta festeja 50 anos de Igreja, de porção do povo de Deus, de batizados reunidos e convocados pelo senhor”, destaca Dom Leomar em sua mensagem. “Deixo minha mensagem de senso de pertença e comunhão. Que vocês sintam-se cada vez mais pertencentes à Diocese de Cruz Alta, em comunhão, em unidade, até que venha o Pastor que vai guiar este rebanho por muitos anos. Que cada um se sinta abraçado nesta hora, na fé, sabendo que o Espírito Santo nunca abandona seu povo”.

Para Pe. Silvio Mazzarolo, Administrador Diocesano, o momento vivido foi muito especial. “Ficamos felizes em ter a participação do Povo de Deus, tanto na missa como no almoço festivo. É uma alegria para nós e uma demonstração de diocesaneidade, nossa unidade como Igreja particular aqui em Cruz Alta. Agora iniciamos nossa caminhada rumo aos próximos 50 anos, com este mesmo vigor, com esta mesma fé, e que o Espírito Santo, nosso Padroeiro continue nos iluminando para que possamos seguir a nossa caminhada diocesana”, destaca.

A placa do jubileu de ouro foi descerrada pelo Pe. Luiz Koling o primeiro a ser ordenado na diocese, e o Pe. Daniel Chagas, o padre mais novo da diocese.

Mais de 600 pessoas participaram do almoço festivo

O almoço festivo foi realizado na Casa de Etnia Alemã, no Parque de Exposições de Cruz Alta, reunindo mais de 600 participantes. Durante o almoço puderam assistir a apresentação de um vídeo especial, com depoimentos de representações da comunidade e ainda uma mensagem de Dom Adelar Baruffi, Arcebispo de Cascavel, o 4º Bispo da Diocese, que ainda está vacante.

Foi feita homenagem a cada uma das paróquias da Diocese de Cruz Alta e também algumas pessoas que representam o trabalho realizado pelas comunidades, pastorais e movimentos da Diocese. Cada um recebeu um troféu trazendo o mapa da Diocese.

Exposição

E ainda, como forma de homenagear a Diocese, 10 Artistas Diocesanos realizaram uma exposição de telas. A exposição permaneceu aberta durante todo o dia, embelezando o local.

Conforme o Pe. Marcos Rogério Denardi, que coordenou a equipe de organização do Jubileu, o resultado foi muito positivo. Ele, que também participou como artista expositor, destaca o potencial dos artistas diocesanos. “Tivemos 10 artistas diocesanos expositores de paróquias diversas e ficamos muito felizes com o resultado. Foi uma primeira iniciativa e acredito que virão outras, pois temos muitos artistas em nossa Diocese e queremos mostrar este trabalho realizado”, destaca.

E a festa seguiu até o final da tarde com muita música e dança.

Vigília

Ainda no sábado, 28 de janeiro, data em que a Diocese completou os 50 anos, foi realizada uma missa e vigília na Catedral Diocesana, na qual participaram os jovens da diocese.

Com informações da Diocese de Cruz Alta