WEBMAIL

“Ecumenismo em pauta” convida a avaliar a caminhada Ecumênica da Igreja no RS

A Comisão Regional de Ecumenismo e Diálogo Inter-Religioso do Sul 3 promoveu na última segunda-feira, 30 de outubro, o evento “Ecumenismo em Pauta”. O encontro, realizado em Porto Alegre, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, contou com o apoio dos Cursos de Teologia da PUCRS, ITEPA, ESTEF e UCPel. A proposta consistiu em reunir os referenciais em ecumenismo e diálogo inter-religioso das arqui/dioceses do Rio Grande do Sul, junto aos seminaristas e estudantes de Teologia e professores dos Institutos de Teologia do Estado.

O dia de formação contou com representações das Diocese de Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Osório, Montenegro e Arquidioceses de Pelotas e Porto Alegre. Houve justificativa de ausências da Diocese de Santa Cruz do Sul, que segue na ajuda humanitária em decorrência das cheias do Vale do Taquari e da Arquidiocese de Passo Fundo por motivo de falecimento Padre João Gheno Netto, aos 94 anos, conhecido pela liderança e participação em diversas iniciativas, em Carazinho.

O dia foi marcado pelo momento celebrativo, na Igreja Universitária Cristo Mestre, seguindo de acolhida com café ao participantes. Na abertura, Pe. Luis Carlos Almeida, vice-presidente do CONIC RS, representando a Igreja Católica, pontuou os desafios do diálogo e necessidade de momentos como o que este encontro oportunizava. Pe. Luis também acolheu e saudou os presentes em nome de dom Rodolfo Weber, arcebispo de Passo Fundo e Referencial da Comissão Pastoral para o Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso do Regional Sul 3 e integrante da Comissão Nacional, da mesma ação Pastoral,

Na sequência da manhã, Edoarda Sopelsa Scherer, integrante do Grupo de Reflexão para Diálogo Ecumênico e Inter Religioso e referencial leiga em ecumenismo da Diocese de Montenegro, recordou a caminhada de memória, o legado do RS nesta articulação e a realidade ecumênica do Regional Sul 3, ressaltando marcos, singularidades e desafios atuais da agenda no Estado. Pe. Luis Carlos, abriu espaço para as partilhas das arqui/dioceses presentes.

Durante o encontro, contou-se também com o resgate dos Princípios Ecumênicos a partir da Unitatis Redintegratio (1965), Carta Encíclica Ut Unum Sint (1995) e Diretório Ecumênico (Diretório para a Aplicação de Princípios e Normas sobre o Ecumenismo (1993), material organizado pelo Prof. Pe. Ari Antônio dos Reis, ITEPA, Passo Fundo, e partilhado por Pe. Gustavo Haas, Coordenador do Curso de Teologia da PUCRS.

Na parte da tarde, foram destacados os marcos e referenciais para estudo do ecumenismo pelo Prof. Pe. Wilson Fernandes, da Arquidiocese de Pelotas e UCPel, seguida das provocações sobre o “O Macro Ecumenismo, sincretismo religioso e diálogo inter-religioso” pelo Prof. Frei Luis Carlos Susin, PUCRS e ESTEF.

Por fim, o momento foi de pautar uma agenda comum onde foram elencados seguintes aspectos: a necessidade da comunicação contínua, integração de novos membros ao CREDEIR Sul 3, criação de acervo digital aos documentos referencias do Ecumenismo e a comemoração e formação que marque os 60 anos da Unitatis Redintegratio e os 30 anos da Carta Encíclica Ut Unum Sint.

O encontro foi encerrado com a oração de envio, agradecendo a presença no encontro, que foi fundamental para provocar e trazer novos horizontes à agenda ecumênica para a Igreja no Rio Grande do Sul.

Com informações do Informações da Comisão Regional de Ecumenismo e Diálogo Inter-Religioso