WEBMAIL

Igreja do Rio Grande do Sul busca alternativas para celebrar Corpus Christi

A data será comemorada nesta quinta-feira, 11, em meio ao isolamento social provocado pela pandemia do Coronavírus

Tapetes de outros anos em na Santa Cruz do Sul

Os tradicionais tapetes de serragem este ano ganham outra cor. A festa de Corpus Christi, celebrada pela Igreja para marcar a instituição do Sacramento da Eucaristia, acontecerá de diferentes maneiras em todo o Rio Grande do Sul. Apesar disso, uma coisa é certa: não será igual aos anos anteriores.

Em todo o Estado, as arqui/dioceses emitiram orientações especiais para paróquias e comunidades sobre a celebração, considerando o isolamento social que vivemos pela pandemia do Covid-19. Os documentos destacam a importância de se respeitar o distanciamento social, as orientações das autoridades de saúde e os protocolos emitidos para cada região e município.

Um destaque importante é que em todas elas foram organizadas iniciativas de solidariedade para auxiliar pessoas em vulnerabilidade. Campanhas de arrecadação de alimentos, roupas, produtos de limpeza e higiene estão sendo mobilizadas em todas as dioceses através de iniciativas como a banca da caridade, em Pelotas, e a doação de cobertores, em Rio Grande.

Dom Adelar Bruffi dará bênção no Santuário de Fátima

Na Diocese de Cruz Alta, no centro-norte do Estado, as missas serão realizadas com 25% da capacidade das Igrejas. No local, após as celebrações os padres devem abençoar as comunidades com o Santíssimo Sacramento.

No Santuário Nossa Senhora de Fátima, dom Adelar Baruffi, bispo diocesano, dará bênção do Santíssimo às 17h para toda a comunidade, que pode participar da celebração de dentro dos seus carros.

Na região norte, na Diocese de Vacaria, será celebrada uma única Missa, no interior da Catedral Nossa Senhora da Oliveira, às 9h, que será presidida por Dom Silvio Guterres Dutra, e concelebrada pelos padres das três paróquias da cidade. A celebração será transmitida pelas redes sociais.

Nessa Missa também serão consagradas três Hóstias que serão expostas para adoração nas igrejas paroquiais das três paróquias de Vacaria. As portas das Igrejas estarão abertas das 10h às 17h para que cada fiel possa fazer sua oração pessoal, evitando aglomerações de pessoas.

Já em Santa Cruz do Sul, a missa de Corpus Christi será às 9h, com presença reduzida de público (máximo de 30 pessoas), conforme decreto municipal, e será transmitida pelo Facebook. Em seguida, está planejado um cortejo motorizado pelas ruas de Santa Cruz do Sul, com parada e benção nos Hospitais Ana Nery, Santa Cruz e no Hospital de Campanha. No município, as famílias são convidadas também a ornamentarem as portas e janelas das casas para acolherem a carreata.

Caxias do Sul

Já na Diocese de Caxias do Sul, a celebração de Corpus Christi terá procissão motorizada nas 72 paróquias. Além de celebrar a missa onde for possível, respeitando a quantidade limitada e as demais orientações quanto à higiene, a diocese convida os fieis a acompanharem as carreatas que levarão a Eucaristia pelas ruas dos municípios.

“Os fiéis são convidados a acompanhar a passagem da procissão, desde as janelas, sacadas e varandas de suas residências, rezando e colocando algum sinal ou símbolo externo como expressão de nossa fé e adoração a Cristo, presente na Eucaristia”, orienta Dom José Gislon, bispo diocesano e presidente da CNBB Sul 3.

Dom José Gislon presidirá a missa na Catedral Diocesana, às 14 horas, transmitida pelas redes sociais da Diocese (Instagram @diocesedecaxias | Youtube: youtube.com/diocesedecaxiasdosul | Facebook: Diocese de Caxias do Sul).