WEBMAIL

Igreja na Amazônia: Leia a carta do encontro realizado em Manaus

O III Encontro da Igreja Católica na Amazônia Legal aconteceu de 21 a 23 de agosto, em Manaus (AM), na perspectiva de preparação para o Sínodo da Amazônia, convocado pelo Papa Francisco para outubro de 2019. Estiveram reunidos bispos de toda a Amazônia brasileira, 58 no total, religiosos e leigos. Ao final do encontro, foi divulgada uma carta, que é assinada pelo presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Cláudio Hummes, que também preside a Rede Eclesial Pan-Amazônica.

As intenções do Papa Francisco ao propor a reflexão sobre “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”, as atividades durante o evento e as constatações dos participantes são apresentadas no texto. “Ao longo desses dias, rezando, estudando, ouvindo especialistas com suas análises, o que ampliou nossa visão do conhecimento de toda complexa realidade amazônica, expusemos também nossas preocupações com todas essas situações e experiências dolorosas da vida de nossos povos, como o que está acontecendo com os migrantes venezuelanos em Roraima, no município de Pacaraima, e o que estamos realizando em nossas Igrejas particulares por meio de nossas ações evangelizadoras e pastorais”, escrevem os participantes.

Diante dos desafios, que “são imensos”, da região, sonha-se com uma “Igreja de rosto amazônico”, já com resultados alcançados desde o primeiro encontro dos bispos da Amazônia, em 1972, na cidade de Santarém. “Seguimos os rumos traçados pelo processo sinodal na firme esperança de que o Espírito que conduz a Igreja nos animará e sustentará em nossa caminhada nesta Amazônia, pois sentimos a necessidade de estabelecer uma unidade em torno dos mais diversos desafios que a Amazônia apresenta, fortalecerá o imenso esforço, às vezes desconexo da evangelização, dos movimentos e das práticas pastorais para tornar eficaz essa rede de solidariedade e comunhão”.

Após o encontro, oportunidade para criação de metas em conjunto e aprofundamento de questões relacionadas ao Sínodo para a Amazônia, as Igrejas particulares presentes no território amazônico continuarão com as atividades em vista da Assembleia Sinodal, por meio do levantamento e mapeamento das realidades eclesiais e ambientais, da realização das Assembleias Territoriais, das Rodas de Conversas, das Assembleias Diocesanas e Regionais. Leia a carta do III Encontro da Igreja Católica na Amazônia Legal.

Documento Preparatório

De acordo com o anúncio do Papa Francisco, no dia 15 de outubro de 2017, a Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para refletir sobre o tema: Novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral se realizará em outubro de 2019. O Documento Preparatório para o encontro está dividido em três partes correspondentes ao método “ver, julgar (discernir) e agir”. Ao final do texto, encontram-se perguntas que permitem o diálogo e a progressiva aproximação à realidade e à expectativa regional de uma “cultura do encontro” (EG 220). Os novos caminhos para a evangelização e para modelar uma Igreja com rosto amazônico passam pelas veredas dessa “cultura do encontro” na vida cotidiana, “em uma harmonia pluriforme” (EG 220) e “sobriedade feliz” (LS 224-225), como contribuições para a construção do Reino.

(Fonte: CNBB)