Diocese de Bagé

Diocese de Bagé

Rua Conde de Porto Alegre, 01 Cep: 96400-280 - Bagé –RR


Telefone: (53) 3242-5876
Site: http://diocesedebage.com.br

Data de Fundação: 24 de junho de 1960
Bispo Diocesano: Dom Cleonir Paulo Dalbosco
Vigário Geral: Pe. Olindo Carlini
Coordenador Diocesano de Pastoral: Pe. Airton Machado Gusmão

A Diocese de Bagé foi criada no dia 25 de junho de 1960 pela Bula “Qui Divino Concílio” do Papa João XXIII. Seu território foi desmembrado das dioceses de Pelotas e de Uruguaiana. A instalação da Diocese aconteceu no dia 24 de outubro de 1960.

Primeiros Bispos da Diocese:

Dom José Gomes, foi o 1 bispo da Diocese de Bagé. Tomou posse no dia 16 de julho de 1961 e foi transferido para  a Diocese de Chapecó no dia 30 de agosto de 1968. Faleceu no dia 19 de setembro de 2002.  O 2º Bispo foi  Dom Ângelo Feliz Mugnol. tomou posse no dia 27 de março de 1969, faleceu no dia 12 de fevereiro de 1982.

O terceiro Bispo foi Dom Laurindo Guizzardi. Tomou posse dia 25 de abril de 1982. foi transferido para a Diocese de Foz do Iguaçu, no dia 28 de novembro de 2001 Renunciou e tornou-se bispo emérito aos 20 de outubro de 2010.

O 4º Bispo Diocesano foi Dom Gílio Felício, que assumiu a Diocese em maio de 2003. Ele nasceu no dia 11 de novembro de 1949 e foi ordenado presbítero no dia 11 de novembro de 1978. Dom Gílio teve seu pedido de renúncia acolhido pelo Papa Francisco em junho de 2018.

O Bispo atual da Diocese de Bagé é Cleonir Paulo Dalbosco, nomeado em setembro de 2018 e até então atuava como vigário paroquial da Paróquia Santo Antônio, da Diocese de Caxias do Sul. Dom Cleonir é natural de Barros Cassal, no Rio Grande do Sul, Cleonir ingressou no seminário em 1987, em Soledade (RS). Cursou Filosofia no Instituto de Filosofia Padre Berthier, em Passo Fundo (RS) e Teologia na Escola Superior de Teologia e Espiritualidade Franciscana, em Porto Alegre (RS). Também é Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade de Caxias do Sul e tem Especialização em Gestão de Pessoas pela Universidade Anhanguera. Em 19 de setembro de 1998, fez sua profissão solene na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, em Canoas (RS) e, em 20 de setembro do mesmo ano, foi ordenado diácono. Recebeu a ordenação presbiteral em 20 de fevereiro de 1999.

Em sua trajetória sacerdotal, Cleonir foi pároco na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Santa Maria (RS) de 1999 a 2005; Guardião da Fraternidade dos Freis Capuchinhos, em Santa Maria; Assessor Diocesano da Pastoral da Juventude, na diocese de Santa Maria; Vigário Provincial e Definidor da Pastoral e Meios de Comunicação Social da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, na Província dos Freis Capuchinhos do Rio Grande do Sul; Ministro Provincial da Ordem dos Frades Menores, na Província Sagrada Coração de Jesus (RS); Visitador Apostólico na Congregação dos Clérigos Regulares; Diretor Geral da Pousada dos Capuchinhos, entre outras funções.