WEBMAIL

Mês Vocacional: “Dia do Padre”

Minha saudação fraterna a todos e todas que acompanham Voz da Diocese na alegria de celebrarmos o primeiro domingo do mês de agosto na perspectiva vocacional da Igreja no Brasil, recordando o ministério ordenado, particularmente o “Dia do Padre”.

Este mês traz como tema de reflexão vocacional, “Cristo vive! Somos suas testemunhas” e como lema, “Eu vi o Senhor” (Jo 20,18). Um convite a mergulhamos no testemunho daqueles que fizeram a experiência do encontro com Jesus e recordando ainda o Sínodo da Juventude, pois os jovens são os primeiros destinatários do chamado do Senhor Ressuscitado.

Prezados irmãos e irmãs. O mês de agosto com seu cunho vocacional, quer ser para todos nós, homens e mulheres, um convite a refletir sobre nossa opção vocacional já assumida, mas acima de tudo, propor um caminho a ser construído por aqueles que, sobre os quais pairam as dúvidas da direção a tomar em busca de sua plena realização. Para tanto, o discernimento se faz necessário e sem sombra de dúvidas, é o testemunho verdadeiro e alegre de quem já vive uma vocação específica que os ajudará a abraçar a riqueza que todo chamado traz consigo. Todo chamado exige uma resposta; todo chamado tem um rumo certo; todo chamado é para uma missão.

Neste primeiro domingo do mês, celebrando de modo especial o “Dia do Padre”, recordamos que ele é um homem chamado do meio do povo para ser enviado ao meio do povo. Deus chama e envia. O homem responde e com fidelidade coloca-se a serviço do povo seguindo a imitação do próprio Cristo que “não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Mc 10,45).

Caríssimos irmãos e irmãs. Podemos trazer presente muitas passagens da Sagrada Escritura que nos remete ao tema do chamado ou da vocação e a tantas experiências do seguimento a Cristo, mas no contexto particular de nossa Diocese, que nos últimos dois anos, viveu a experiência de sepultar três sacerdotes e ordenar apenas um, podemos, não só recordar, mas exortar a todos com as palavras de Jesus que disse: “A messe é grande, mas os operários são poucos! Pedi, pois, ao Senhor que envie operários para a sua messe” (Mt 9,37-38).

Por isso, convidamos a todos e todas para que, vivendo sua opção vocacional testemunhem no mundo a alegre experiência de ter encontrado o Senhor Ressuscitado e com confiança, supliquem a Ele, homens corajosos para assumir a vida de especial consagração ao sacerdócio; homens e mulheres capazes de assumir o matrimônio e constituir famílias como verdadeiras Igrejas domésticas – fonte de todas as vocações. Pedir ao Senhor, homens e mulheres, que com desprendimento total, possam segui-Lo na Vida Consagrada e muitos homens e mulheres que vivendo no mundo como leigo e leiga, não se feche a tantos ministérios e serviços em favor do povo de Deus.

Convido e exorto a todos e todas, a rezar pessoalmente e em família, todos os dias a Oração Vocacional e de modo muito especial, pelos sacerdotes de nossa diocese a quem agradecemos o dom da vida e do ministério neste domingo – Dia do Padre.

Que este mês vocacional seja para todos nós, um tempo de graça e oração para fazer despertar, discernir e assumir as vocações de especial consagração na Igreja e a serviço da Igreja, reafirmando-nos ainda como testemunhas do Cristo Ressuscitado.

Deus abençoe a todos e um bom domingo.

Dom Adimir Antonio Mazali – Bispo Diocesano de Erexim