WEBMAIL

Posse de dom Adilson Busin em Tubarão será dia 02 de julho

Nomeado para a Diocese de Tubarão no último 03 de maio, dom Adilson Busin, atualmente auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre, já tem data de posse nas terras catarinenses: 02 de julho, às 15h.

A celebração de posse de dom Adilson, 7º Bispo Diocesano de Tubarão, será presidida dom Wilson Tadeu Jönck, Arcebispo de Florianópolis, na Catedral Nossa Senhora da Piedade. Estão convidados especialmente os bispos dos Regionais Sul 3 e Sul 4, o clero, religiosos e religiosas leigas e leigos da Diocese de Tubarão e da Arquidiocese de Porto Alegre.

Biografia

Lema Episcopal: SERVO E PEREGRINO NO AMOR

Nascimento: 20 de maio de 1965

Batismo: 10 de julho de 1965

Consagração Religiosa: 22 de dezembro de 1985

Ordenação Sacerdotal: 09 de janeiro de 1993

Ordenação Episcopal: 30 de abril de 2016

Adilson Pedro Busin nasceu em Sarandi (RS) em 20 de maio de 1965. Filho de Ivo Busin e Adiles Signor Busin, sendo o terceiro de nove irmãos. Ingressou em 1979 no seminário da Congregação dos Missionários de São Carlos – Scalabrinianos e professou os primeiros votos no dia 22 de dezembro de 1985. Estudou Filosofia na Universidade de Caxias (UCS) do Sul e Teologia no Instituto Teológico São Paulo (ITESP), em São Paulo, trabalhando por três anos no Instituto Cristóvão Colombo (ICC).

Durante a formação realizou três experiências missionárias marcantes: Em 1989 em Guariba (SP), com os cortadores de cana; no ano seguinte em Rondônia, com os migrantes; e em 1991 com os seringueiros, no Acre.

Foi ordenado presbítero em 9 de janeiro de 1993 e enviado ao Paraguai como Animador Vocacional e Orientador Espiritual no Seminário Nossa Senhora de Caacupé, em Ciudad del Este. Do Paraguai foi para Roma, quatro anos depois, onde fez mestrado em Ciências da Educação na Universidade Pontifícia Salesiana (UPS).

Exerceu diferentes funções e serviços na congregação: formador, mestre de noviços, coordenador da formação, membro do conselho de superiores, entre outras. Em 2007 foi escolhido para ser superior provincial da Província São Pedro dos Missionários Scalabrinianos. De 2007 a 2015, foi membro da Scalabrini International Migration Network (SIMN), com sede em Nova York. Em 2013 foi designado como vigário e secretário regional da nova região Sul-Americana Nossa Senhora dos Migrantes, em Porto Alegre e, durante o ano de 2015, passou um mês junto aos migrantes brasileiros em Framingham (EUA).

No ano seguinte, em 27 de janeiro de 2016, foi nomeado pelo Papa Francisco Bispo Titular de Guardialfiera e Auxiliar na Arquidiocese de Porto Alegre. A ordenação episcopal ocorreu em 30 de abril do mesmo ano, presidida pelo bispo da Diocese de Caxias do Sul, Dom Alessandro Carmelo Ruffinoni, em Sarandi.

Na Arquidiocese de Porto Alegre, Dom Adilson assumiu diversos serviços nestes sete anos como bispo auxiliar, entre eles como representante institucional da Cáritas Arquidiocesana, procurador do Pão dos Pobres, acompanhamento às Pastorais Sociais e a Pastoral do Povo em situação de rua. Além destes, também foi Capelão do Grêmio Foot-ball Porto Alegrense e da Casa Geral das Irmãs do Imaculado Coração de Maria.

Simultaneamente às missões assumidas na Arquidiocese de Porto Alegre, contribuiu significativamente com o Regional Sul 3, servindo como Secretário da Presidência no quadriênio 2019-2023 e como Bispo Referencial da Comissão Episcopal para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial.

Em âmbito nacional é atualmente membro da Comissão Pastoral de Enfrentamento ao Tráfico Humano e da Comissão Episcopal para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial. Além disso, Dom Adilson é responsável no Brasil pela Pastoral dos Brasileiros no Exterior (PBE).

CNBB Sul 3