WEBMAIL

Regional Sul 3 participa em Aparecida do encontro “Catequese Renovada – 40 anos”

Uma comitiva do Regional Sul 3 participou na última semana do encontro celebrativo dos 40 anos de publicação do Documento Catequese Renovada. O evento eclesial, organizado pela Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, reuniu mais de mil catequistas de todo o país de 1º a 3 de setembro, no Santuário Nacional de Aparecida.

Com o lema “Tocar corações e impulsionar a missão”, o encontro teve o objetivo de recordar o documento “Catequese renovada: orientações e conteúdo”, aprovado em 1983 durante a 21ª Assembleia Geral (AG) da CNBB e, com ele, animar a acolhida de seu conteúdo nas comunidades brasileiras.

Durante a abertura do encontro, a assessora da Comissão, Mariana Venâncio, destacou a atual importância do documento lançado há quatro décadas. Sobre o texto, ela ressaltou tratar-se de um tesouro precioso que a Igreja no Brasil reservou aos catequistas ensinando-os “o caminho de sinodalidade e de escuta”.

Dom Leomar Antônio Brustolin, arcebispo de Santa Maria (RS) e presidente da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico Catequética da CNBB, evidenciou o processo de catequese como caminho eclesial de fidelidade às fontes da fé.

Durante o primeiro dia do encontro, a irmã Maria Aparecida Barbosa, da Congregação do Imaculado Coração de Maria, apresentou um panorama do documento Catequese Renovada. Catequese como iniciação à fé e como educação permanente para a comunhão e participação na comunidade de fé foram assuntos abordados pela irmã Cida:

“A tarefa da Catequese é confiada, em primeiro lugar, a toda a comunidade eclesial, que, com toda a sua vida, contribui para a educação de seus membros na fé. O Bispo, e com ele os presbíteros e diáconos, sacramentalmente constituídos ministros do Cristo-Mestre, são os primeiros responsáveis do processo catequético”, enfatizou a religiosa ao dizer que a comunidade cristã é o local propício para a catequese e que as famílias são as primeiras educadoras da fé.

1ª Romaria Nacional de Catequistas

Durante o encontro, dom Leomar também anunciou a reaização da Romaria Nacional de Catequistas, em 30 de agosto e 1º de setembro de 2024 e afirmou que sob o olhar de Nossa Senhora Aparecida podemos colocar todas as nossas dificuldades e desafios. “A nossa ideia é virmos com o Brasil em Aparecida para voltarmos com ideias concretas para a transmissão da fé às novas gerações”, apontou o Presidente da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB.

CNBB Sul 3