WEBMAIL

Romaria Estadual de Nossa Senhora Medianeira acontece neste domingo

O maior evento religioso do estado será realizado com Missa Campal e procissão motorizada

Em sua 78ª edição, a Romaria Estadual de Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças acontece neste domingo (14) seguindo orientações dos órgãos públicos frente ao combate à transmissão da COVID-19.  Como forma de atender as demandas religiosas e populares a organização da romaria e as autoridades programaram o trajeto e ações do evento. O início da procissão motorizada acontece às 8h30, em frente à Catedral Metropolitana de Santa Maria e segue pela Avenida Rio Branco, Rua do Acampamento e Avenida Medianeira, quando a Imagem Peregrina chega ao AltarMonumento para celebração da Missa Campal em homenagem à Nossa Senhora.

O Parque da Medianeira estará preparado para acolher os devotos, no entanto, seguindo o decreto vigente, haverá um controlador de acessos no local, para liberar setecentas pessoas para participarem da missa dentro da Basílica e 7.300 pessoas para celebrarem no parque. O acesso ao local será pelo portão principal e exclusivamente para pedestres. Para melhor atendimento ao público, a organização solicita que os romeiros cheguem com antecedência ao parque.

Procissão Motorizada

Serão liberados 100 automóveis, por ordem de chegada, para acompanhar o cortejo pelas ruas da cidade. Os veículos devem fazer sua concentração na esquina da Avenida Rio Branco com a Rua dos Andradas. No entanto, os carros não poderão acessar ao parque e devem seguir pela Avenida Medianeira após a entrada da Imagem.

Para realizar a procissão, o trânsito da cidade sofrerá algumas intervenções a partir das 6h30min, quando as Rua Andradas, Rua do Acampamento e Av. Medianeira até a rua Visconde de Pelotas serão bloqueadas para a passagem de carros. As 10 horas as Rua Acampamento e Av. Medianeira, até o semáforo com a rua Duque de Caxias, retomam o fluxo de veículos. Entre 10 e 12 horas, visando a saída da Missa Campal a Avenida Medianeira, no trecho entre a Duque de Caxias e Visconde de Pelotas permanecerá fechada para trânsito de veículos. Ao meio dia o trânsito de veículos voltará a ser liberado nos dois sentidos da Avenida Medianeira.

Missa Campal

Realizada às 10 horas, no Altar Monumento, com celebração do Arcebispo Metropolitano, Dom Leomar Antônio Brustolin. Está é a celebração oficial da Romaria e terá momentos especiais para os católicos, como a Consagração do Clero Arquidiocesano à Nossa Senhora.

Missas de hora em hora na Basílica

Serão realizadas missas de hora em hora na Basílica, das 5 da manhã até às 18 horas. Para participar das missas na Basílica será necessário a retirada de fichas de controle de acesso do público. As fichas serão fornecidas 15 minutos antes de cada celebração.

Demais atividades religiosas no Santuário

A Vigília devocional tem início no sábado às 18 horas e se estende até às 4 horas da madrugada de domingo.

Os devotos que desejarem visitar a Imagem Milagrosa, dentro da Basílica, poderão fazer sua veneração seguindo as orientações dos Guardiões que estarão devidamente identificados.

Como tradicionalmente acontece, padres de toda a arquidiocese permanecerão na Cripta para confissões.

A Capela das Velas estará aberta a partir das 6 horas para os fiéis acenderem velas e realizarem preces e orações.

A Fonte Nossa Senhora Medianeira com água benta será liberada às 7 horas para os romeiros.

Jornada Mundial dos Pobres

Após a Missa Campal da Romaria, ocorrerão os atos da 5ª Jornada Mundial dos Pobres, no Centro de Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter.  A jornada é uma iniciativa do Papa Francisco, instituída em 20 de novembro de 2016, na conclusão do Ano Santo Extraordinário da Misericórdia.

No Brasil, adotou-se o tema: “Sentes compaixão?”, um convite a não ter indiferença frente ao sofrimento das pessoas em situação de vulnerabilidade e à crescente pobreza socioeconômica que assola mais 51,9 milhões de brasileiros. O lema bíblico que inspira a celebração desta edição é: “Sempre tereis pobres entre vós”, extraído de Mateus. 14, 7.

“A jornada não visa chamar o pobre de coitado, mas chamar atenção do mundo para que o pobre possa se erguer com dignidade e buscar trabalho e renda. Para nós, cristãos, é muito significativo o fato de a jornada ocorrer no dia da Romaria da Medianeira, neste clima de devoção e religiosidade”, afirma irmã Lourdes Dill.

No Centro de Referência de Economia Solidária será oferecido um almoço para cerca de 250 pessoas em situação de vulnerabilidade social. Também haverá benção individual para todos os participantes, presidida por Dom Leomar com o auxílio de padres e diáconos presentes.

Leia mais no site da Arquidiocese de Santa Maria