WEBMAIL

Ano Vocacional – 01

Já iniciamos com otimismo nosso ano de 2023 e olhamos com esperança para o futuro. A Igreja do Brasil está vivendo, desde a última Solenidade de Cristo Rei do Universo, seu terceiro Ano Vocacional. Semelhante iniciativa aconteceu nos anos de 1983 e 2003. O presente ano dedicado às vocações propõe como tema: “Vocação: Graça e Missão”, e o lema: “Corações ardentes, pés a caminho”, inspirando-se nos discípulos de Emaús (cf. Lc 24,32-33). Assim percebemos que o chamado de Deus é uma graça e que ela nos impulsiona para a missão. É a presença divina que nos acompanha e faz arder também os nossos corações para que juntos nos coloquemos a caminho. O Texto-Base (TB) do Ano Vocacional lembra que a origem, o centro e a meta de toda vocação e missão é a própria pessoa de Jesus Cristo, pois é ele que toma a iniciativa de chamar e de enviar (cf. TB, n. 2).

O objetivo do Ano Vocacional de 2023 é assim expresso: “Promover a cultura vocacional nas comunidades eclesiais, nas famílias e na sociedade, para que sejam ambientes favoráveis ao despertar de todas as vocações, como graça e missão, a serviço do Reino de Deus” (TB, n. 3). Desta forma, subentende-se a Igreja como um povo constituído por vocacionados e vocacionadas. Somos, portanto, convocados a caminhar juntos no seguimento de Jesus Cristo, nosso Mestre, com empenho pessoal e conjunto para manifestar sua presença no mundo, tornando-nos portadores de vida e de esperança, mesmo em tempos difíceis.

O Ano Vocacional de 2023, inspirados no convite de Jesus aos seus discípulos (cf. Mt 9,38), nos faz rezar assim:

Senhor Jesus, enviado do Pai e Ungido do Espírito Santo,

que fazeis os corações arderem e os pés se colocarem a caminho,

ajudai-nos a discernir a graça do vosso chamado e a urgência da missão.

Continuai a encantar famílias, crianças, adolescentes, jovens e adultos,

para que sejam capazes de sonhar e se entregar, com generosidade e vigor,

a serviço do Reino, em vossa Igreja e no mundo.

Despertai as novas gerações para a vocação aos Ministérios Leigos,

ao Matrimônio, à Vida Consagrada e aos Ministérios Ordenados.

Maria, Mãe, Mestra e Discípula Missionária,

ensinai-nos a ouvir o Evangelho da Vocação e a responder com alegria.

Amém!  (TB, n. 18).

 É muito sugestiva também a letra do canto, composto para o Ano Vocacional, o qual nos remete ao texto do Evangelho de Lucas, quando narra o fato dos Discípulos de Emaús (Lc 24, 13-35). Não vamos descrever o longo texto do hino, mas destacamos o primeiro refrão que atualiza o evangelho para os nossos dias, tornando cada um de nós como discípulo de Emaús:

Emaús é aqui, onde arde o coração!

Emaús é aqui, onde os pés se moverão!

Emaús é aqui, como graça e vocação!” (TB, n.19).

 

Na próxima mensagem continuaremos a refletir, a partir do Texto-Base do Ano Vocacional de 2023. Saudações fraternas e bênção para o Ano Novo.

Dom Aloísio Alberto Dilli – Bispo de Santa Cruz do Sul