Artigos, Bispos › 06/08/2021

Aos Idosos e Eméritos

Há poucos anos foi criada uma Comissão Episcopal para os Bispos Eméritos com a finalidade de acompanhar os idosos e dar-lhes assistência, bem como ser elo de comunhão e comunicação entre os bispos titulares e os já eméritos. A fraternidade entre o Bispo titular e o Bispo emérito servirá de edificação para o Povo de Deus e para todo o Clero diocesano.

Tanto para os presbíteros idosos quanto para os Bispos eméritos, é muito importante não estarem sozinhos nesta etapa da vida, mas partilhar experiências e ter o suporte das ciências humanas que ajudam a superar os desafios que se apresentam na nova e última etapa da vida.

O Papa Francisco tem dirigido palavras importantes para os padres e bispos idosos e enfermos: “Estimados, irmãos sacerdotes! A vós que viveiso tempo da velhice ou hora amarga da doença, sinto a necessidade de dizer obrigado. Obrigado pelo testemunho de amor fiel a Deus e à Igreja. Obrigado pela proclamação silenciosa do Evangelho da vida.  Obrigado porque sois a memória viva à qual podemos recorrer para construir o amanhã da Igreja! … Não tenhamos medo do sofrimento: o Senhor carrega a cruz conosco!” (Papa Francisco; agosto, 2020).

Em outras ocasiões o Papa Francisco falou sobre a velhice como um dom e um privilégio: “… a velhice é o momento de nos prepararmos para entregar o nosso espírito em suas mãos, definitivamente, com confiança de filhos. Mas é também uma época de renovada fecundidade. ‘Na velhice ainda darão frutos’, diz o salmista (Sl 91, 15). Com efeito, o desígnio de salvação de Deus, também é realizado na pobreza de corpos débeis, estéreis e impotentes”.

“A velhice não é uma doença, é um privilégio. É um tempo de graça, no qual o Senhor nos renova o seu chamamento: Chama-nos a conservar e transmitir a nossa fé, chama-nos a rezar, sobretudo a interceder; chama-nos a estar perto dos necessitados. Os idosos e os avós têm uma capacidade única e especial para compreender as situações mais problemáticas. E quando rezam por estas situações, a sua oração é forte, é poderosa! A eles … é confiada uma grande tarefa: transmitir a experiência de vida, a história de uma família, de uma comunidade, de um povo”. (Papa Francisco,16/12/2019).

A idade avançada conduz à plenitude, com esperança viva de cultivar em nós a disposição de dar a vida pelos irmãos e pelo Senhor!

Dom Hélio Adelar Rubert – Arcebispo de Santa Maria