Notícias › 18/05/2021

Coleta de Pentecostes para a Missão é no próximo final de semana

A Coleta de Pentecostes é o principal meio para a manutenção da Missão ad gentes em Moçambique, que o Regional Sul 3 mantém há 27 anos na Arquidiocese de Nampula em Moçambique

É com a doação pessoal e financeira de todo o Povo de Deus que a CNBB Regional Sul 3 vem prestando apoio espiritual, pastoral e financeiro ao povo moçambicano, há 27 anos, por meio do Projeto Igreja Solidária Moçambique. A missão no país africano mantida pelo regional e já soma mais de 65 missionários enviados nestas quase três décadas.

Além do envio a Moçambique, a Coleta de Pentecostes também apoia a animação missionário no Rio Grande do Sul, com a realização de formações e encontros missionários, na promoção das Pontifícias Obras Missionárias e na ajuda a projetos na Amazônia.

Como contribuir

Em todas as missas nas comunidades eclesiais ao longo do ano há o pequeno e grandioso gesto da partilha. Assim como outras coletas com fins específicos, a Coleta de Pentecostes é a partilha de cada cristão nas celebrações que se soma a de todas as comunidades, paróquias e arqui/dioceses do Estado.

Além da doação em si, a divulgação antecipada da Coleta de Pentecostes durante as missas, nos grupos e em nossas redes são alguns dos caminhos para manter vivo, principalmente, o Projeto Igrejas Solidárias em Moçambique.

Aos que desejarem, também é possível contribuir diretamente pela conta:

CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL

Banco Sicredi

Cooperativa: 0116

Conta Corrente: 08355-0

Pix: 33685686001041

As ações beneficiadas pela Coleta de Pentecostes nascem e frutificam de uma das mais importantes celebrações do calendário cristão, que comemora a Vinda do Espírito Santo sobre os Apóstolos de Jesus Cristo e Maria, sua mãe, deixando a mensagem para que partissem na missão de levar a Palavra de Deus ao mundo inteiro.

A missão em Moçambique

A equipe hoje é integrada pelo padre Luiz Weber e pela jovem leiga Maria Isabel Tromm e tem como principal preocupação manter um olhar voltado para a realidade da população local a fim de atender suas necessidades mais básicas. Desde 1994, a atuação das equipes missionárias priorizou as áreas da saúde, educação, promoção da mulher e direitos humanos, aliadas ao atendimento religioso e pastoral.

Atualmente, a equipe missionária é responsável pelo acompanhamento a duas paróquias que somam cerca de 150 comunidades e mantém dois projetos sociais na área de educação: uma Biblioteca Comunitária que recebe por dia em torno de 50 alunos e o projeto de alfabetização e reforço escolar Murima Wa Mwana (Coração de Criança), que acompanha cerca de 100 crianças e adolescentes e oferece também uma turma de alfabetização para 20 mulheres.

Para conhecer mais o projeto, assista o Documentário produzido pelo Conselho Missionário Regional, por ocasião dos 25 anos de Missão em Moçambique.

CNBB Sul 3