Artigos, Bispos › 30/04/2021

Com Maria e São José…

Estamos diante do domingo em que faremos a nossa vigésima terceira romaria ao Santuário das Mães, debaixo do lema: Com Maria e São José, firme na esperança e na fé.

Com este quadro da pandemia a imagem peregrina, mais uma vez, não conseguiu fazer o seu itinerário, pelas paróquias da diocese. Certamente teria sido acolhida por este nosso povo, tantas vezes, vivendo momentos de desespero e agonia, diante da doença e da morte de familiares. Foi lá, a partir santuário das mães, que no ano passado, nós recomeçamos a abrir nossas igrejas, uma semana depois da páscoa.

Foi lá no “Santuário das Mães” que nós conseguimos recolocar esperança no coração de nosso povo, especialmente nas mães, que são mesmo maioria dos devotos de Maria. Elas gostam de participar das missas do santuário, elas gostariam de estar nas romarias e elas sempre tem muito assunto para falar com a Mãe de Deus, sobre as preocupações que elas trazem nos corações.

Nós estamos agora no sexto domingo de páscoa, e a nossa liturgia já passa a olhar em direção ao pentecostes. Por isso, na primeira leitura, temos o encontro de Pedro, na casa de Cornélio, onde ele tomou a palavra e disse: “De fato, estou compreendendo que Deus não faz distinção entre as pessoas. Pelo contrário, ele aceita quem o teme e pratica a justiça, qualquer que seja a nação a que pertença”. Pedro ainda estava falando quando o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a palavra. Todos ficaram admirados quando viram o Espírito Santo sendo derramado sobre os pagãos (At 10,34-35.44-45).

Enquant/o isso, o evangelho deste domingo continua com a parábola da videira e dos ramos, quando conclui: “Como meu Pai me amou, assim também eu vos amei. Permanecei no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, vós permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor. Eu vos disse isto para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja completa. Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá sua vida pelos amigos. Vós sereis meus amigos que se fizerdes o que eu vos mando” (Jo 15,9-14).

É uma mensagem muito clara para todos nós e para todos os que participam de nossa romaria: Nós seremos amigos do Senhor, se fizermos o que ele nos manda!

Dom Zeno Hastenteufel – Bispo Diocesano de Novo Hamburgo