Notícias › 28/08/2018

Cruz Alta: Juventude da Diocese promove o Flash Mob Mariano

Diocese de Cruz Alta – Pelo segundo ano consecutivo, o Setor Juventude da Diocese de Cruz Alta promove o Flash Mob Mariano. Neste ano, a coreografia será baseada no Hino oficial da Jornada Mundial da Juventude de 2019 e pretende reunir um número ainda maior de participantes. No domingo (26), integrantes do setor e diversos jovens das paróquias de Cruz Alta gravaram, no Santuário, aos pés da imagem de Nossa Senhora de Fátima, o vídeo com a coreografia, que servirá de matriz para os demais grupos.

O desafio

A dinâmica será a mesma de 2017: o desafio será lançado no dia 1º de setembro, as 15h, pelo Facebook do setor. Cada grupo, de cada paróquia, além de ensaiar a partir deste vídeo, deverá gravar o seu próprio e enviar para o setor. Estes vídeos serão postados, semanalmente, até próximo ao dia da 67ª Romaria de Fátima. A ideia é envolver todos os grupos das paróquias da Diocese.

O Flash mob será apresentado no dia 14 de outubro, dia da romaria, após a celebração da missa no Santuário, quando todos os grupos se unirão, formando apenas um grupo, para apresentar o flash mob. Alguns jovens já estão ansiosos para participar. Lucas Gabriel Gonçalves, do grupo da comunidade Sagrado Coração de Jesus é um deles. Ele já participou no ano passado e é presença garantida nos ensaios deste ano. “Queremos mostrar uma igreja jovem e fazer com que, cada vez mais, outros jovens participem”.

A coreografia deste ano é, novamente, de Helena Vigorito. Devota de Nossa Senhora, ela diz que fazer parte desta atividade é gratificante, pois é uma forma de homenagear Nossa Senhora e, ao mesmo tempo agradecer as bênçãos alcançadas durante o ano. O fato de trabalhar com os jovens, também, é muito positivo. “Trabalhar com estes jovens é uma troca de energia muito positiva é maravilhoso. Espero que este ano seja um sucesso maior do que foi o ano passado, que consigamos mobilizar muito mais jovens”, destaca.

Novos jovens se unem a este projeto. Como a Laura Eduarda Lopes, do Grujac da Paróquia Imaculada Conceição. Este é o primeiro ano que ela irá participar está com grandes expectativas. “Espero que seja muito bonito, que tenham muitos jovens para participar para tornar ainda mais bonito”, diz. Há também casos como o da jovem Isabela Mantovani, do Jupac da comunidade Nossa Senhora Perpétuo Socorro. No ano passado ela participou de todos os ensaios e se preparou, porém no dia da apresentação não pode estar presente. “Nesse ano eu vou participar”, diz.