ATUALIDADES › 13/08/2022

Dia dos Pais

Dia 14 é o “dia dos pais”, momento propício para dizermos àquele que nos gerou e formou o quanto somos gratos e o amamos. Mas é tempo propício também para celebrarmos e refletirmos sobre esta importante vocação de “ser pai”.

Ser pai é muito mais do que fecundar o óvulo materno. É estar presente em todas as etapas da vida; é compreender, dar carinho, afeto, amor; é ser o melhor amigo; é também ser duro e disciplinador quando necessário. O pai, ao lado da mãe, é o maior educador. Ele tem esse compromisso e missão de ser exemplo, modelo de fé, de ética, de comportamento. Ele tem a importante tarefa de mostrar os valores que determinarão o que a criança será pelo resto de sua vida adulta. Não é tarefa fácil.

Por tudo isso, reconhecemos o importante papel de nossos pais e reflitamos se somos educados para ser bons pais: no modo como agimos com os filhos; o exemplo dos nossos pais; a ajuda externa; e, principalmente, o estar sempre ao lado dos filhos, brincando, educando, ensinando a viver…

Há um tempo escrevi uma poesia pensando nos sentimentos que cada filho nutre pelo próprio pai. É um bom momento para recordá-lo:

PAI!

Obrigado pelo embalo tranquilo nas noites de bebê;
pela paciência ao ensinar-me as primeiras palavras.

Obrigado pelo abraço forte que conduziu meus primeiros passos;
pela presença segura que me ajudou a vencer o medo.

Obrigado pelo auxílio nas primeiras tarefas;
por ser o herói das grandes aventuras.

Obrigado pelas conversas sérias;
pelo ombro amigo que acolheu minhas dúvidas.

Obrigado pelas cobranças;
pela voz firme que me ensinou responsabilidade e disciplina.

Obrigado pelos conselhos,
guias na difícil estrada da vida.

Obrigado por ficar sempre ao meu lado,
nas vitórias e nas derrotas.

Obrigado, pai, pelo seu amor.

Parabéns a todos os pais! Aproveitem ao máximo este dia com seus filhos… e todos os outros dias também.

* Frei Darlei Zanon, religioso paulino