WEBMAIL

Diocese de Erexim implementa Pastoral do Migrante

Cerca de 30 pessoas participaram na última semana, no Centro Diocesano de Erexim, do encontro para constituição da Comissão Diocesana da Pastoral dos Migrantes, integrada pelo Pe. Paulo Rogério Caovilla, Pároco da Paróquia Santa Luzia, Bairro Atlântico, Sérgio Mosele, Leandro Basso, Milker Prochette, Milangel Ohana Pabon Quiame, Ivonei Grolli e Paulo Panosso.

Participaram do encontro imigrantes venezuelanos, haitianos, senegaleses, agentes de pastoral de algumas comunidades, religiosos e um representante e da Prefeitura de Erechim.

 

A reunião teve a assessoria do Pe. Ademar Barilli, responsável pela Pastoral do Migrante do Regional Sul 3 e de Arivaldo Sezyshta, representante do Serviço Pastoral do Migrante de João Pessoa, Paraíba, junto com dois professores da Universidade Federal Fronteira Sul de Chapecó e uma professora do Instituto Federal de Erechim.

O encontro foi acompanhado também pelo Monsenhor Agostinho Dors, Vigário Geral da Diocese, em nome do Bispo Diocesano, Dom Adimir Antonio Mazali, e o Pe. Jair Carlesso, Pároco da Paróquia N. Sra. Aparecida, Coordenador Diocesano da Ação Evangelizadora.

Os trabalhos do encontro seguiram o método ver, julgar e agir, com um olhar para a realidade da migração na região de Erechim, o depoimento de migrantes, a leitura popular das migrações abordando os 4 ‘R’ – rostos, rotas, raízes e respostas, o que está sendo feito em relação aos migrantes e refugiados, propostas de ação. Algumas sugestões de ação levantadas foram: identificar um agente de Pastoral dos Migrantes em cada paróquia; fazer referência a eles nas missas ou celebrações da Palavra de Deus; proporcionar informações aos agentes desta pastoral e orientação aos migrantes; desenvolver uma pastoral da acolhida para a inserção dos migrantes nas comunidades; intensificar a celebração da semana e do dia do migrante, no mês de junho, com coleta para esta pastoral.

A constituição desta Comissão Diocesana da Pastoral do Migrante marca o início de uma construção coletiva importante para o fortalecimento pastoral e proteção às migrações no Rio Grande do Sul, de modo especial no norte do Estado.