Notícias › 28/06/2021

Diocese de Santa Cruz inicia articulação da Pastoral dos Migrantes

Na noite de 25 de junho – Dia Nacional dos Migrantes – a Pastoral dos Migrantes da Diocese reuniu várias lideranças da região para uma live sobre “Migração e Diálogo – Quem bate à nossa porta?” Transmitida pelo facebook da Diocese de Santa Cruz do Sul, a live contou com a participação dos bispos Dom Aloísio Dilli e Dom Adilson Busin, dos padres Jean Mara Lafortune, Jame-Son Mercure e Roque Hammes, das secretárias municipais Sandra Soares e Claidir Trindade de Venâncio Aires, Vera Lúcia Plein de Lajeado e Sérgio Nunes Lopes de Arroio do Meio, do agente da Polícia Federal Dagoberto Soares e do coordenador do Serviço Pastoral dos Migrantes José Roberto Saraiva.

Coordenada pelo Pe. Jean, a live começou às 19h30m e se estendeu até 21h30, sendo que cada painelista teve 10 minutos para explanar o seu tema. Durante o encontro, destacou-se a importância do trabalho integrado entre igrejas, poderes públicos e polícia federal no intuito de bem acolher as pessoas que chegam. Nos últimos anos, os maiores contingentes de migrantes que chegaram na região são naturais do Haiti e da Venezuela. Mas há também migrantes da Argentina, Paraguai, Colômbia e Senegal, entre outros.

Dom Aloísio, em sua fala, destacou as palavras do Papa Francisco no que se refere aos migrantes: acolher – proteger – promover – integrar. É assim que nós precisamos agir com os migrantes, porque “no mapa de Deus não há fronteiras; caso existir alguma, deve servir como lugar de encontro e não de divisão”.

Na Diocese de Santa Cruz do Sul, a Pastoral dos Migrantes ficou restrita durante muitos anos à Paróquia de Encantado, onde atuam os padres scalabrinianos. Com a nomeação do Pe. Jean Mara, a Pastoral dos Migrantes começa a criar corpo na região, com atenção especial aos haitianos e venezuelanos, presentes em Venâncio Aires, Lajeado, Arroio do Meio e Encantado.

Com informações da Diocese de Santa Cruz do Sul