Notícias › 22/09/2021

Em Ilópolis, poder público se compromete com a 44ª Romaria da Terra

Na tarde da terça-feira, 21 de setembro, 30 lideranças do município de Ilópolis se reuniram com a equipe de Coordenação da 44ª Romaria da Terra do Rio Grande do Sul para conversarem sobre a participação da Paróquia, do Poder Público e da Sociedade Civil na organização da Romaria. Pelo poder público participaram o Prefeito Municipal, o Secretário da Agricultura e o técnico da Emater. Por parte da Paróquia, além do pároco Pe. Clécio José Henckes, participaram lideranças das várias comunidades e do Conselho Administrativo da Paróquia. Também participaram representantes da Associação dos Ervateiros, do Sindicato de Trabalhadores Rurais, do Hospital Leonilda Brunete e da Imprensa local.

Sob a coordenação de Luis Antônio e Maurício Queiroz, a reunião iniciou com a oração presidida pelo Pe. Clécio e a explicitação do evangelho do dia pelo Pe. Paulo Krindges. Na sequência, o Prefeito Edemar Pedro Rovandoski disse que, “para Ilópolis, é um orgulho receber a Romaria da Terra e a prefeitura vai fazer o possível para acolher bem o povo que vem dos diversos municípios”. Desafiou os munícipes a que reservem um espaço em suas lavouras para cultivarem alimentos com sementes crioulas. “É importante que cada um cultive um pouco”. Em nome de Dom Aloísio e da Coordenação Diocesana de Pastoral, Pe. Roque Hammes expressou o desejo de que “a 44ª Romaria ajude a fortalecer a consciência ecológica e incentivar a agricultura familiar”. Também manifestou a gratidão às lideranças de Ilópolis que estão abraçando, com vontade, esta Romaria.

O tema da 44ª Romaria da Terra, que acontecerá no dia 1º de março de 2022, é Agricultura familiar e agroelogia: sinais de esperança. O lema é um chamado a nos unirmos na preservação do Meio Ambiente: Irmãs e irmãos, vamos cuidar da Mãe Terra. Frei Wilson Dalagnol apresentou um rápido histórico da Romaria e Luis Antônio apresentou o material que está sendo elaborado: uma Revista, o Cartaz, o Hino da Romaria e camisetas.

O momento mais esperado foi a apresentação das equipes de trabalho. Frei Wilson apresentou a lista de equipes que são necessárias para que a Romaria possa acontecer: São elas: coordenação, comunicação e divulgação, secretaria, liturgia, ornamentação, animação e canto. Depois tem uma série de equipes que vão garantir a infraestrutura: recepção, segurança, estacionamento, banheiros, água e chimarrão, saúde, copa e cozinha, organização das tendas, sonorização. Decidiu-se que as esquipes da infraestrutura serão compostas, basicamente, por pessoas do local. Também se decidiu fazer uma convocação para as paróquias da comarca para que se integrem na organização.

A próxima reunião ficou agendada para o dia 9 de novembro, das 13 às 17 horas, para a qual serão convidadas mais pessoas e se dedicará um tempo especial para aprofundar a espiritualidade da Romaria da Terra.

Colaboração: Pe. Roque Hammes – Diocese de Santa Cruz do Sul
Fotos: Rose Camilotti