Notícias › 18/03/2019

Encontro da Pastoral da Criança do Norte do Estado

Núcleo Norte da Pastoral da Criança analisa prioridades do ano

A Arquidiocese de Passo Fundo e as Dioceses de Frederico Wesphalen, Erexim e Vacaria formam o Núcleo Norte da Pastoral da Criança do Regional Sul 3 da CNBB. Sua coordenação realizou sua primeira reunião do ano nos dias quarta e quinta-feira, em Marcelino Ramos. Participaram os coordenadores de Passo Fundo, Erexim e Frederico Westphalen. Participaram também o assessor de Frederico Westphalen, Pe. Ilário Silvestre Barbieri, Clari Cenci, coordenadora do grupo, e Marli Ludwig, coordenadora estadual.

Depois do momento inicial de oração, houve reflexão sobre o tema da Campanha da Fraternidade, Políticas Públicas. Tratar do assunto não é falar de “política” ou de “eleições”, e sim de um conjunto de ações que são direitos dos cidadãos e devem ser garantidos pelo poder público. Isso é garantir o bem comum para todos. Durante os 35 anos de existência, a Pastoral da Criança desenvolve ações em parceria com outras entidades e o serviço público em muitas comunidades do Brasil e a sua criação é um exemplo prático de mobilização e busca por garantia de Políticas Públicas. A iniciativa de envolver as famílias na prevenção e promoção de saúde e provar que isso poderia ser feito em grande escala foi inovadora e perdura em nossos dias.

Depois, a coordenadora estadual, Marli Ludwig, aprofundou as três prioridades da Pastoral da Criança para este ano: capacitação de líderes, desenvolvimento infantil, aplicativo visita domiciliar.

– Capacitação de novos líderes: O Líder é o pilar mais importante da pastoral da criança e na capacitação vive uma experiência transformadora. Em 1983, a médica pediatra e sanitarista Zilda Arns, a pedido CNBB, desenvolveu a metodologia comunitária de multiplicação do conhecimento e da solidariedade entre as famílias mais pobres. Inspirada pelo milagre da multiplicação de cinco pães e dois peixes, que saciaram a fome de mais de cinco mil homens, como narra o evangel

ho de São João (Jo 6, 1-15), Zilda mostrou que a educação das famílias por meio de líderes capacitados era a melhor forma de combater as doenças facilmente preveníveis e a mortalidade infantil. Os líderes formam uma rede de solidariedade humana para multiplicar o saber e a própria solidariedade, com base no espírito de fé e vida.

– Desenvolvimento Infantil: Toda a missão e as ações da Pastoral da Criança têm um mesmo objetivo, garantir o desenvolvimento pleno das crianças. Por meio do amor, do cuidado e das oportunidades, os pais ou os cuidadores ajudam a criança a se sentir confortável para explorar o mundo ao seu redor e aprender novas habilidades. Os líderes da pastoral da criança acompanham, junto às famílias, o desenvolvimento das crianças e orientam os pais a criar vínculos, estimular os pequenos e organizar o ambiente de acordo com a idade deles, para que tenham a possibilidade de se desenvolver integralmente.

– Aplicativo visita domiciliar: O APP visita foi criado para auxiliar o líder a levar ainda mais informações para as famílias acompanhadas durante a visita domiciliar. Baseado nas perguntas do caderno do líder, pode ser usado em celulares e tablets e permite cadastrar cada criança ou gestante acompanhada e apresenta orientações e conteúdos específicos para a faixa etária ou semana de gestação. Em um só lugar, o líder terá informações relevantes e atualizadas, dicas, conteúdo e vídeos específicos para partilhar com a família e, juntos, avaliar e celebrar cada fase das crianças e gestantes acompanhadas.

O encontro foi finalizado com a benção de envio, conduzida pelo Padre Ilário.

(Com informação e fotos de Marinês Agnoleto, coordenadora da Pastoral da Criança da Diocese de Erexim)